inspiration2

Weeds - 7x11 - Une Mère Que J'aimerais Baiser

Good luck to you, Nancy.


Good luck to you, Nancy.

Faltando 2 episódios para o Series Finale, Weeds coloca dona Botwin contra a parede. Quem diria que a leoa seria (terrivelmente) encurraladapor seu próprio filhote? Pois é. A cria se revoltou pra valer desta vez.

Me pergunto o que, dentro de todos os acontecimentos, fez, de verdade, Silas jogar a toalha de vez. Obviamente que a prisão de Emma foi um fator, porém essa“rebeldia” não é de hoje. O “extermínio da concorrência” feito por Nancy foi sóuma gota no oceano.

Silas tenta há tempos ser parceiro da mãe. Começou vendendo maconha contra a vontade dela – e para ela. Depois se envolveu com a produção da mercadoria e acabou sendo realmente bom no que fazia.

De la para cá ele vem tentando tomar a frente, ser o suporte da mãe, ser proativo. Deu burradas? Claro. Era só o que ele fazia no início. Mas depois ele aprendeu – como sempre acabava aprendendo – e tentou consertar seus erros. Então o que falta nessa confusão para que ele e a mãe se entendam?

Por que Nancy sempre acaba coagindo Silas e fazendo que sua palavra seja – invariavelmente – a última?

Silas não é qualquer bobo. E ela sabe disso. Sabe tanto que quando precisou de um “filho modelo”. foi ele quem ela escolheu.

Não dá pra achar uma resposta que acabe de vez com essa guerra entre os dois. Mas certamente eles não possuem os mesmos objetivos. Nem diálogo – entre iguais – existe entre eles. Mesmo quando o assunto é sobre negócios os dialogantes são mãe e filho, nunca parceira e parceiro. Então faz sentido ele se declarar a concorrência, certo?

Sentido faz. Aparentemente não há outra forma de fazer suamãe enxergá-lo como igual. Para ela, ele sempre será seu “bebê”. Oh, Nancy...

Você vai precisar de sorte desta vez, querida.

E bota sorte (e coragem e força e fé) nisso. A gente adora dona Botwin, mas sabemuito bem que ela não vê ninguém como igual. Defeito de nascença, arrogância, egoísmo, síndrome de Madonna, chame do que quiser. Andy mesmo, que esteve do lado dela em todos os momentos e foi o "salvador da pátria" em 99% deles, nunca teve vida própria. Nunca conseguiu dizer um não. Nem bêbado o cara consegue! (Tá, vamos dar um desconto pra ele que dessa vez ela pegou pesado mesmo!)

Não vejo Nancy abrindo mão de sua atitude mãezona. Nem agora, que suas decisões comerciais deram totalmente certo (quem não quer Une Mère Que J'aimerais Baiser?), ou depois quando algo der errado (como sempre dá).

Acredito que ela e Silas, de algum jeito, se reaproximarão. É mais provável que ele vá à ela do que o contrário... mas tudo pode acontecer. Uma coisa, sem dúvida, é certa: a fala de Shane “Deixe-o ir, não precisamos dele.” nunca vai ser verdade no mundo de Nancy.

No fundo ela precisa sim... só é difícil - ou impossível - para uma leoa como ela admitir tal fraqueza.
Reações: 

Relacionados

Weeds 7ª Temporada 8197036939260770881

Postar um comentário Comentários via BLOGGER (0) Comentários via DISQUS

Para inserir no comentário:

# Um vídeo: [video]link-do-video-do-youtube[/video]
# Uma imagem: [img]link-da-imagem[/img]
# Um emoticon: clique na carinha acima da caixa de comentários, copie o nome do emoticon e cole.

Comentários educados são sempre benvindos.

emo-but-icon

EeF na Rede


   

Comentários

Arquivo

Categorias

Séries

Tags

Agenda de Episódios

Recentes

Twitter

Facebook

item