inspiration2

Bones - 7x03 - The Prince in the Plastic

“Quando as habilidades motoras finas dela progredirem, podemos dissecar um sapo juntas.”


“Quando as habilidades motoras finas dela progredirem, podemos dissecar um sapo juntas.”

Bones é uma série fofa. Mesmo com os casos mais bizarros e corpos em estados diversos de putrefação, os personagens transformam cada episódio num show de melosidade. E eu gosto de tudo isso. Sou fã invicta de Bones. Cada personagem para mim é único, e as interpretações são excelentes. Mas isso não quer dizer que eu esteja achando os últimos acontecimentos muito lógicos, ou pelo menos, bons.

A começar pelo “milagre da cegonha”. Como a Dani já citou aqui, essa gravidez da Brenan caiu de paraquedas. Quer dizer, a mulher ficou prenha sem nem beijar na boca. Claro, “extra-oficialmente” tudo aconteceu entre Bones e Booth. Mas a série fez um CARNAVAL na nossa cara ao esconder isso. O pior é quando você tenta entender o porquê... Simplesmente não existe uma razão.

O caso da semana trouxe à tona mais uma fissura da personalidade da protagonista. Ela, como sempre, cheia de conhecimento e racionalidade, vive patinando na maionese quando o assunto é vida social. Isso nem sempre tem lógica. Por exemplo, nesse episódio ela parecia meio perdida ao “descobrir” que teria que brincar com sua filha. Os roteiristas esqueceram-se de um mero detalhe: Bones também já foi filha – e criança. Mais do que isso, ela teve um irmão que foi criança também. Logo, ela pode até não ser a melhor companhia numa brincadeira, mas “saber que criança brinca” até ela sabe...

Um acerto do roteiro foi colocar ela (mais uma vez) como uma criança excepcional. Diferente das “garotas normais”, ela não teve um Prince Charming, e não faz ideia do que isso significa para as meninas. E a presença e o enjoo de Daisy com o boneco, além de engraçados, serviram para destacar ainda mais o quanto Bones precisa de umas aulas de “como ser mamãe”.

Imagina só quando esse neném nascer, gente! Booth de um lado tentando ser meigo e atencioso, e Bones chamando a filha para dissecar um sapo... ah, como eu quero ver isso!

Sweets precisou levar um tiro (mentira, só um raspão mesmo) pra poder convencer Booth de que poderia carregar uma arma. Nem dá para imaginar o que vai ser dos bandidos agora que a  dupla S&B está “armada e perigosa”. Bom foi a Bones falando disparadamente sobre a compra da casa e ajudando Sweets a conseguir autorização para ter um revólver. Segura esta mulher, Booth! 

A resolução do assassinato foi no mesmo esquema de sempre, com o assassino tentando dar a justificativa mais fajuta possível. O melhor foi Brenan desfazendo a “motivação” da loira assassina na hora, deixando-a com aquela cara de madame desamparada.
Eu realmente espero ver mais de Brenan e Booth. Seis anos de espera para ver um casal que já perdeu toda aquela “cola de tesão” de início de namoro, e que conversa como se estivesse juntos há 30 anos não dá... Por favor, dona FOX, põe mais sexo em Bones! 
Reações: 

Relacionados

Review 8094612162314436062

Postar um comentário Comentários via BLOGGER (0) Comentários via DISQUS

Para inserir no comentário:

# Um vídeo: [video]link-do-video-do-youtube[/video]
# Uma imagem: [img]link-da-imagem[/img]
# Um emoticon: clique na carinha acima da caixa de comentários, copie o nome do emoticon e cole.

Comentários educados são sempre benvindos.

emo-but-icon

EeF na Rede


   

Comentários

Arquivo

Categorias

Séries

Tags

Agenda de Episódios

Recentes

Twitter

Facebook

item