inspiration2

Breaking Bad - 4x13 - Face Off (Season Finale)

I won.


I won.

Depois desta Season Finale "altamente explosiva" a pergunta que fica é: Walt será o novo Gus?

A expressão que usei para definir este episódio foi infinitamente clichê... mas todas as outras o são também. Nenhum episódio desta temporada decepcionou. A cada um que era exibido a expectativa só aumentava, deixando o espectador com os olhos esbugalhados e o coração cansado de tanta adrenalina. Portanto, qualquer palavra usada para qualificar Face Off será redundante... e infinitamente clichê.

Elogios e explicações à parte, é hora de admitir que este episódio superou todas as expectativas. Qualquer coisa que esperávamos tivemos... e fomos surpreendidos com muito mais. Assim como Gus.

Gus foi surpreendido por nada mais nada menos que seu próprio ego. Walt teve a SORTE de descobrir o ponto cego da magnífica inteligência do seu inimigo. Por um acaso, numa conversa com Saul Goldman, veio à tona o fato de Fring gostar de estar no trono - e ter a necessidade de se vangloriar por isso. O último que tinha perdido o chão diante da glória de Gus era Hector Salamanca, que perdeu todo o resto de família que tinha pelas mãos de Gus e estava condenado a uma cadeira de rodas, incapaz de fazer o que fosse por vingança.

Mas para provar que milagres podem acontecer, Walter acordou, e num lapso de "volta à realidade" ele finalmente pensou num plano à altura de sua vítima.

Repeti e repito: Walt dormiu demais. Foi estúpido demais. O homem achava que comprar uma 38 e ir na casa do patrão para assassiná-lo a sangue frio era a solução. O homem achava que pedir ao mais leal dos súditos para envenenar "Vossa Majestade" era um plano válido. O homem achava que uma bomba caseira implantada no carro, no momento mais suspeito possível, era uma alternativa coerente. O homem achava... e não contava com a aguçada astúcia de seu inimigo.

Várias vezes dissemos: está tudo perdido. É o fim dos tempos. Mas Walt acordou...

Este novo Walter White veio com algo a mais. Não estamos falando do professor tímido que morria de amores pela família. Não. Este já morreu há tempos. O novo Walt APRENDEU com o mestre Gustavo Fring a arte da manipulação, e usou a arma do próprio inimigo para eliminá-lo.

Jesse. Oh, Jesse. De menino sem rumo a fantoche num duelo de titãs. Do começo ao fim ele foi manipulado. A gente pensava que só um tinha poder para isso... mas depois do aprendizado o aluno superou o professor e num ato extremamente planejado, virou um jogo que parecia ter um vencedor invicto.

Alguém imaginava isso? Uma reviravolta silenciosa, usando uma florLírio do Vale. E usando a já confusa cabeça de Jesse, que nem sabia mais em quem acreditar.

A partir daqui lembramos do discurso de Walt à Jesse, quando este o culpou de usar a ricina no menino. O químico logo respondeu que o "insensível" da história não era ele, era Gus. Gus que sempre esteve "ok" com assassinato de crianças. Agora, depois do possível envenenamento por Lírio do Vale que Walter usou no enteado de Jesse, fica a pergunta: até onde vai este novo Walter?

Este novo homem sugeriu a outro que se matasse para obter sua (ou suas) vingança. Hector prontamente aceitou. Digamos que, em termos de "capacidade de surpreender", Hector se iguala a Gus. Nenhum dos dois mede esforços quando se trata de alcançar o que desejam. E aí estava a deixa de Walt. Se Salamanca não tem limites próprios, e estava cheio de desejo por vingança, ele "alcançaria" Gus, que não tem limites e estaria cheio de desejo por vingança também.

Grande jogada. Hector vai ao DEA e simula um depoimento. Gus não pensa duas vezes e pela primeira vez apela para a imprudência. É o ego falando mais alto. Ponto para Walt.
O gosto da vingança, aquele que Fring sentiu ao eliminar Don Eladio, era o mesmo que estava nos olhos de Salamanca. Foi o mesmo que Walt sentiu ao ouvir a notícia no rádio. E é exatamente o mesmo que fez Skyler reconhecer, de uma vez por todas, quem é este novo homem.

Ela já tinha tido um "encontro" com este novo homem. Em Cornered Walt deixou bem claro que se um cara fosse bater na porta de alguém para atirar neste alguém, ele seria o cara batendo na porta. Skyler saiu correndo - literalmente. E Walter cumpriu cada palavra que disse. Skyler sairá correndo outra vez?

No final das contas, as três guerras foram vencidas por Walt. Seu grito de vitória, "I won", mostrou de uma vez por todas que sim, ele sempre foi o mais forte. Ele só estava dormindo. Um gigante adormecido. Gus, por outro lado, sempre mostrou suas jogadas arriscadas, vencendo batalha atrás de batalha, fazendo de Jesse sua arma de guerra.
E foi derrotado da pior maneira possível. A cena em que ele sai do quarto explodido, com um lado do rosto destruído, apesar de bizarra, serviu para mostrar como este guerreiro se comportou enquanto guerreava. Mesmo sendo inteligente como era, ele não achava que podia ser vencido, seu ego era grande demais. Em Salud ele deixou bem claro: Lutem comigo e morram. E ao sair do quarto arrumando o colarinho, parecia que ele nem acreditava na consumada derrota... parecia que ele acreditava estar apto para guerrear mais.

Então aqui foi o fim de Gustavo Fring. O maior e melhor vilão de Braking Bad. Aquele que fez desta 4ª temporada ter tanto desespero que era quase apalpável. Aquele que manipulava todos ao seu redor com uma calma e tranquilidade totalmente impossíveis de compreender. Aquele que conquistou a lealdade de Jesse e deixou carimbado em Walt seu legado.

Depois de tudo isso, nem dá para imaginar como será a 5ª (e última) temporada. Será que ela se ocupará com este Walter "ilimitado"? Será que Hank conseguirá, finalmente, concretizar seus instintos e descobrir a verdade sobre o cunhado? Será que Skyler mergulhará de vez na criminalidade como já vem fazendo? Jesse continuará ingênuo? E Mike? Seu patrão foi assassinado, ele buscará vingança?

Vince Gilligan já mostrou que Breaking Bad não está para brincadeira. É a melhor série de todos os tempos. Então enquanto não conseguimos imaginar como será o fechamento de uma história tão bem feita, e nos enchemos de teorias, vale lembrar que Breaking Bad nunca decepcionou. Sempre, SEMPRE, se superou. É um marco no mundo das séries, não? É uma soma perfeita de roteiro, atuação e direção. É a única série que pode ser chamada de perfeita sem nenhuma ressalva.

A espera pela 5ª temporada será difícil. Mas valerá à pena. Quando se trata de Breaking Bad... ah, sempre vale à pena.

Até o ano que vem!
Reações: 

Relacionados

Review 8344621971712133665

Postar um comentário Comentários via BLOGGER (0) Comentários via DISQUS

Para inserir no comentário:

# Um vídeo: [video]link-do-video-do-youtube[/video]
# Uma imagem: [img]link-da-imagem[/img]
# Um emoticon: clique na carinha acima da caixa de comentários, copie o nome do emoticon e cole.

Comentários educados são sempre benvindos.

emo-but-icon

EeF na Rede


   

Comentários

Arquivo

Categorias

Séries

Tags

Agenda de Episódios

Recentes

Twitter

Facebook

item