inspiration2

Charlie’s Angels - 1x02 - Runway Angels

Pode ser difícil de acreditar (e você provavelmente não vai me levar a sério), mas o 1×02 de Charlie’s Angels não foi aquele fiasco que ...


Pode ser difícil de acreditar (e você provavelmente não vai me levar a sério), mas o 1×02 de Charlie’s Angels não foi aquele fiasco que foi o piloto.

Se fez essa reviewer aqui pagar a língua? Também não é pra tanto…

As moças aprenderam a atuar. Pelo menos Rachael Taylor (Abby) e Annie Ilonzeh (Kate Prince) melhoraram um pouco o rebolado. Minka Kelly (Eve French) ainda engatinha. E Ramon Rodriguez não chegou a lugar nenhum – mas continua sendo parceiro sexual da Drew Barrymore.

O caso de Runway Angels foi (bem) melhor que o de Angel With A Broken Wing, porém a “facilidade” que as Angels têm em conseguir tudo continua lá. A cena em que Abby tem que ir de um quarto para outro pela janela, e depois voltar a tempo de atender sua porta, nós já vimos milhares de vezes em filmes e outras séries. Claro que não pedirei que Charlie’s Angels inove. Mas já que todo o resto é “piece of cake”, por que esse pedacinho não poderia ter tido mais “suspense”?

Voltando ao caso, nessa semana as meninas se uniram contra os machos do mal. Modelos lindas e maravilhosas eram usadas por mafiosos para permanecerem legalmente nos EUA. É aí que entra Abby, sem dúvida a mais bonita do grupo. E lá no meio da investigação surge o detetive Ray Goodson (Isaiah Mustafa) que cuida do caso da modelo linda que desapareceu, e é, sem mais delongas, o ex-noivo de Kate.

No pilolo Ray foi citado por Kate quando esta falou de sua história. Aqui finalmente conhecemos o morenão e imediatamente a cara de saudade e “volta pra mim” de Kate entra em cena. (Ele ainda se faz de durão mas no final a “muralha” vira um doce de homem…).


Sempre comparando Angel With A Broken Wing com Runway Angels, no primeiro nem as cenas de ação tiveram a “ação” que supostamente teriam que ter. Já no segundo, algumas se destacaram, principalmente a da tática especial das Angels – afogamento no vaso feminino, e depois a posterior cara das moças de “não sei do que você está falando”. (Vale destacar que, em questão de minutos, Ray conseguiu ter a química que Bosley não conseguiu ter com as moças em dois episódios…).

Aliás, neste episódio este foi o jogo que elas jogaram com Ray. Sempre que o detetive aparecia asinocentes faziam cara de mais inocentes ainda. Finalmente um alívio cômico vindo por aí? Nem ousaremos comemorar! Minka não conseguiu, nem por um minuto, entrar no clima das colegas. No piloto ela olhava o tempo, no 1×02 ela tomava todo cuidado pra não despentear o cabelo. Acorda, menina!

A resolução do caso foi boa, alternou um clímax com outro (nem acredito que admiti isso!) e mostrou o raciocínio rápido das Angels. Ray e Kate terminaram naquele papo de sempre, como se ali mesmo fosse o fim do romance. A gente já sabe que não é… mas faz de conta que acredita. Abby continua se destacando, só falta um plot que a desenvolva mais. E Eve… bem, Eve ainda terá o próximo episódio, Bon Voyage, Angels, pra tirar essa cara de sonsa e ter a coragem de ficar despenteada.

Charlie’s Angels está saindo do buraco. Colabore, Minka!
Reações: 

Relacionados

Review 8124845470075389086

Postar um comentário Comentários via BLOGGER (0) Comentários via DISQUS

Para inserir no comentário:

# Um vídeo: [video]link-do-video-do-youtube[/video]
# Uma imagem: [img]link-da-imagem[/img]
# Um emoticon: clique na carinha acima da caixa de comentários, copie o nome do emoticon e cole.

Comentários educados são sempre benvindos.

emo-but-icon

EeF na Rede


   

Comentários

Arquivo

Categorias

Séries

Tags

Agenda de Episódios

Recentes

Twitter

Facebook

item