inspiration2

The Good Wife - 3x17 - Long Way Home

Sweeney dando uma de papai, Caitlin dando uma de ‘de bem com a vida’, e Alicia chorando lágrimas de nostalgia. O que está acontecendo? ...


Sweeney dando uma de papai, Caitlin dando uma de ‘de bem com a vida’, e Alicia chorando lágrimas de nostalgia. O que está acontecendo?

Este 3×17 de The Good Wife misturou tudo que é tipo de sentimento. O roteiro não economizou em saudade, em insinuações de um novo entendimento entre Peter e Alicia, insinuações de racismo (!) vindo de Peter e por aí vai. Em outras palavras, o que não faltou neste episódio foi atrevimento. Mas, claro, todo atrevimento tem suas consequências.

A começar pelo locatário de Alicia que se atreveu a mentir sobre a venda do apartamento dela. O homem se aproveita da falta de paz no casal Florrick para lançar a semente da discórdia: “eu falei sobre a venda com seu marido há um ano atrás“. O que ele não sabe, no entanto, é que esses dois não arredam o pé um do outro, e uma ligação apenas põe todo seu esqueminha de confusão abaixo.

Eli presencia tal negociação e fica impressioando com os sorrisinhos e a intimidade explícita de Alicia com Peter. Não é para menos. Até a gente ficou. Mr. Florrick, muito educado, nega tudo para Eli. Mas acredito que não permanece assim por muito tempo. Não só Alicia chutou David Lee e cancelou o divórcio, como agora a antiga casa está no páreo de novo. E a gente viu o que uma simples visita já causou nela.

Foi só Alicia rever seu antigo lar que as lágrimas desceram. As medidas das alturas dos pais e dos filhos registraram um tempo de paz e amor que se perdeu há muitas tragédias atrás. Ter aquela casa de volta pode significar um recomeço ou a continuação de onde as coisas parararam… depende apenas do que ela irá querer.
Sweeney voltou para apimentar, como sempre. Desta vez ele não matou ninguém, pelo menos não literalmente. Morena Baccarin fez participação especial como sua ex-funcionária Isobel Swift, que resolve processá-lo por assédio sexual (que resultou num filho). Isso, claro, exatamente segundos após ele prometer à Alicia que não ia se meter em escândalo nenhum e subir ao palco para recuperar o controle de sua empresa.

Durante o desenvolvimento do caso, tanto Sweeney quanto Isobel cometem perjúrio, levando o caso a não ter saída. E implicando Drescher, o adversário de Sweeney, como a pessoa por trás de todo o escândalo. Consequentemente, o controle da empresa volta todo para as mãos de seu antigo dono que, como num toque de mágica, resolve se juntar com Isobel para criar o filho. Fica claro, no momento que Swift comete perjúrio, que há algo mais nessa história. E por “algo mais” entendemos a mão de Sweeney tramando para derrotar Drescher. Porque, claro, honestamente ele nunca venceria.

É durante este caso que temos Will se contorcendo para ajudar sua firma. Proibido de dar conselhos legais, o advogado suspenso se “vira nos 30″ para dar conta das dúvidas de seus subordinados. Caitlin refaz suas perguntas para dentro dos parâmetros que ele pode responder. Já Alicia nem tanto… ela generaliza suas dúvidas, quando é claro que se trata de Sweeney. E Will, sem pestanejar, responde. Já estou até vendo alguém usando isso contra ele no futuro. É sempre assim.
Caitlin se demitiu e vai se casar. Ela vai largar sua carreira de advogada por vontade própria e se dedicar ao lar. Ou seja, este é o mesmo caminho que Alicia trilhou. E parece que agora o conselho de quem já passou por isso é este: “Se desistir por alguém, mesmo que seja alguém importante para você, poderá se arrepender“.

Mas ainda assim a jovem insiste que a decisão é por ela e por mais ninguém. Ao afirmar que não precisa de provar nada, e que se precisa ela não quer, vemos uma atitude madura onde nem imaginávamos. Pelo menos para mim, Caitlin seria o segundo Cary da vida de Alicia. Mas se estou enganada, melhor ainda. Só espero que tudo isso seja mesmo de verdade. Nunca dá para confiar nas lindas intenções dos personagens de The Good Wife.

Falando em intenções, no que se revelou Peter neste episódio? Racista? Quando que nós imaginamos isso? Primeiro, a medida de punir funcionários que se relacionem entre si parece meio drástica, mas demitir um empregado que teve relações sexuais no sofá do patrão é realmente justo. Mas daí, depois daquela reflexão de Geneva, as coisas deixam de ser tão simples. Mesmo que não tenha sido “intencional”, as ações do promotor parecem uma cadeia de ações racistas, sempre preterindo os funcionários negros e valorizando os brancos. No caso, Cary.

A gente sabe que “não é bem assim”, visto que a lealdade que Cary dedica ao patrão é única. Wendy mesmo estava prontinha para apunhalá-lo pelas costas. Ainda assim, este foi um grande tópico levantado pela série, que mostra Peter tentando ignorar a auto denúncia de Cary mesmo depois de declarar “tolerância zero”. É como eu disse acima, não dá para confiar nas intenções dos personagens. É esta duplicidade – ou multiplicidade – de catáter que enriquece The Good Wife.

Resta saber como Peter lidará com a situação e, principalmente, como Cary continuará agindo depois que percebeu que o mundo de Peter não vai continuar sendo coberto de pétalas de honestidade.


Observações:

- Desde quando sêmen “se envolve” num caso de “mal uso de propriedade”? É cada coisa que a televisão leva para um tribunal…

- Alicia perguntando a Sweeney se ele “está pronto” para “ser um pai”. Sério, Alicia?

- Impagável [1]: A cara de mãe brava de Alicia quando Sweeney cometeu perjúrio.

- Impagável [2]: A cara de David, Diane e Alicia ao ver Sweeney e Isobel andando como um casalzinho feliz.

- Fato: a atuação de Dylan Baker como Colin Sweeney é sempre tão maravilhosa que a gente até arrepia quando vemos que ele está num episódio. Awesome Dylan Baker.
Reações: 

Relacionados

The Good Wife 3ª Temporada 4333975385677743714

Postar um comentário Comentários via BLOGGER (0) Comentários via DISQUS

Para inserir no comentário:

# Um vídeo: [video]link-do-video-do-youtube[/video]
# Uma imagem: [img]link-da-imagem[/img]
# Um emoticon: clique na carinha acima da caixa de comentários, copie o nome do emoticon e cole.

Comentários educados são sempre benvindos.

emo-but-icon

EeF na Rede


   

Comentários

Arquivo

Categorias

Séries

Tags

Agenda de Episódios

Recentes

Twitter

Facebook

item