inspiration2

Nikita - 2x20/21/22 - Shadow Walker / Dead Drop / Crossbow

Nikitinha por mais uma temporada!


Nikitinha por mais uma temporada!

Sim, eu ainda não acredito que a CW ouviu as nossas preces e renovou Nikita. A audiência da série é baixíssima até para os padrões modestos da emissora, mas outros fatores levaram à renovação. E na tentativa de fazer com que esta decisão dê certo, Nikita foi removida de sexta e colocada na quarta-feira, sendo exibida depois da novata Beauty and the Beast. Dedos cruzados para que a audiência se dê conta da belezura que é esta série.

Estes três últimos episódios funcionaram como um conjunto de razões, causas e consequências. Percy, mais megalomaníaco que nunca, resolve que quer fazer parte de um grupinho seleto, maior e mais poderoso do que o que ele já destruiu, a Oversight. Provavelmente descobriremos mais sobre este novo grupo na 2ª temporada. Por enquanto, o contato de Percy (interpretado por David S. Lee) ainda não tem nome, assim como o grupo em si.

Esta necessidade de Percy de fazer parte de algo foi relatada por Morgan Kendrick (Brian Howe), o presidente da CIA. Morgan estudou com Percy e presenciou o inicio da loucura daquele que um dia colocaria um “chip assassino” em seu coração. A verdadeira intenção dele ao entrar neste “grupo” a gente ainda não sabe, mas é só a gente se lembrar da obsessão que ele tem por poder que dá para imaginá-lo destruindo qualquer um que tenha mais poder que ele.

Falando em Kendrick, ele entrou no 2x21, Dead Drop, como o único membro do governo em que Ryan confiava. Depois da turma tentar impedir Percy de comprar plutônio e errar, e errar outra vez ao perder todos os milhões de Birkhoff numa jogada arriscada, a única saída que eles tinham para tentar descobrir o que Percy faria em seguida era usar as informações da CIA. E aí o episódio abre uma discussão: a falta de confiança de Nikita no governo.

Como a gente já viu até aqui, e como foi evidenciado no 2x21, Nikki foi maltratada de todas as formas possíveis pelo sistema. Sem pais, finalmente ela encontrou Carla, que a reconstruiu. Então veio a polícia, que devia ser uma força de proteção, e destruiu o único relacionamento materno que Nikita conhecia, colocando Carla para fugir e permanecer longe de sua pupila. Como se isso não bastasse, a Division entra na história e termina de destruí-la, transformando a jovem sem rumo numa arma assassina.

Logo, não é de se estranhar da relutância dela em confiar em Kendrick, ou de nem hesitar em afirmar que Ryan não havia perdido um aliado, mas sim ganhado um novo alvo. O bom é que Fletcher captou a mensagem (operação Black Sands) de Morgan antes que Nikita pusesse uma bala em sua cabeça, e a missão de eliminação acabou virando uma missão de resgate.

Esta foi a segunda derrota que eles cravaram em Percy nesses três episódios, apesar de, como Nikki falou, a cada vitória deles, Percy os vence duas vezes. A primeira vitória foi explodir todo o dinheiro dele, tirando pelo menos uma ponta de expectativa da Division. Aliás, esse dinheiro também envolvia o de Birkhoff, que passou por uma verdadeira prova de fogo no 2x20.

A começar pelo título, o 2x20, Shadow Walker (é o "nome" que Seymour tinha no mundo virtual antes de entrar na Division e perder sua identidade), é totalmente dedicado à Birkhoff. Pode-se dizer que a razão de ele fazer parte da cruzada de Nikita não é exatamente sua convicção pela destruição do mal no mundo, mas, se você lembra, no 2x01, Game Change, ele salvou Michael e Nikita de uma armadilha porque estava podre de rico e sozinho. Assim, ele permanece ao lado deles porque eles são seus amigos e as únicas pessoas que ele tem.

Neste episódio, pela primeira vez, ele se coloca contra uma decisão de Nikita, afinal, além de perder seu dinheiro, ela queria que ele visse o “cenário todo” e concordasse que era melhor destruir todo o dinheiro, caso não conseguissem tomá-lo de volta. No final das contas, o próprio Birkhoff deu a ordem para explodirem sua fortuna, tomando sua primeira atitude partindo de uma convicção.

Além deste ponto, a morte de Carla também foi tratada. Para um nerd como ele, que só vive sentando atrás do PC, matar já é algo muito além do “combinado”. E para sua primeira bala, a vítima não foi ninguém menos que Carla, a figura materna de Nikita. A partir daí, Nikki entende o porquê dele travar quando deveria ter atirado para salvá-la. Mas depois os dois se entendem e ele finalmente tem a chance de conversar francamente com ela, apesar do grande contraste presente na razão dele ter travado.

O destaque à Birkhoff foi excelente, principalmente porque todos os demais personagens já tiveram seus desenvolvimentos trabalhados. Mas isso também pode significar que o personagem não estará mais na série, implicando, por exemplo, em sua morte. Falo isso porque em La Femme Nikita, que é a predecessora desta série, ele também morreu. Especialmente depois dele se despedir de Nikita com um beijo, fica meio subentendido que algo mais talvez aconteça. Lembrando que isto é só um palpite. Torço mil vezes para que não passe disso.
Uma coisa muito interessante que a série fez nestes três episódios foi mostrar o grupo se tornando, cada vez mais, uma família. Alex, por exemplo, é a filha que Nikki salvou e protege a todo custo. Birkhoff, como bem vimos na cena dele xeretando no climão entre Alex e Sean quando este estava baleado, faz o papel do irmão mais velho. Michael é o pai que fuça na vida da filha a pedido da mãe (vide a cena dele perguntando para Alex se o único motivo dela ficar com eles foi sua vontade de terminar a “luta”...). Ryan é o filho mais velho, que dá motivo para os pais brigarem e fica caladinho quando a briga esquenta (2x20, quando Michael “desobedece” Nikita e vai procurar Kendrick). Titio Kendrick entrou na família apesar das reclamações da matriarca, mas ele já provou o seu valor e pode ficar para o jantar.

Outro que quer provar o seu valor é Percy, que no 2x22 envolveu até o presidente na sua megalomania. Por causa daquele grupinho seleto, ele sai explodindo usinas nucleares, invadindo complexos militares, roubando satélites do governo. Mais especificamente, ele rouba o satélite “BESTA”, criado para lançar mísseis em satélites soviéticos.

Nesta jornada, o presidente Charles Grayson (Cameron Daddo) é feito refém de Percy, que o usa como fantoche para satisfazer as vontades do grupo. A começar por Charles ter que recitar Edward Teller no discurso sobre a usina explodida. Nenhuma das alternativas que Grayson possui servem para parar com essa palhaçada. Nem um ataque nuclear à Division serve, ela foi construída para resistir a bombas. Enviar o exército nem pensar, Percy ativa o BESTA. Resta uma alternativa que ele desconhece e que já está lá dentro trabalhando a seu favor.

Nikita. Nikita, poeticamente, volta para a Division pelo mesmo lugar que saiu. O episódio mostrou os pesadelos/flashbacks/flashfowards dela com Percy dando as “boas vindas” para ela e dizendo “você nasceu aqui e deve morrer aqui”. Voltar para lá uma atitude louca, é suicídio, é a única opção, e não tem saída nenhuma. Se os únicos salvadores estão perdidos, quem é que irá salvá-los?


Foi interessante de ver:

- A referência à Smallville feita por Alex. Ela chamou os agentes que ficam na fazenda da Division de “mamãe e papai Kent”.

- Nikita citando que foi largada com Gary pelo Serviço Social. Ele era o pai adotivo dela, e apareceu no 1x01, Pilot. [Atualização em 16/05] Foto (que aparece no Piloto quando Nikki visita Gary) de Nikita pequena com Caroline e Gary, seus pais adotivos:
- A fala de Nikita: Este governo me tratou como dispensável. E eu vou salvá-lo mesmo assim.

- Alex tentando convencer os agentes da Division a se libertarem (2x22). Primeiro ela falou com Robbin, a quem ela já tinha oferecido um jeito de escapar e ele negou. Depois foi com a mamãe Kent, que respondeu que a morte deles era a vida da Division. Ambos pareciam que tiveram seus cérebros lavados.

- A cara de Sonya todas as vezes que Percy comete mais uma loucura. Falta pouco para ela trair o chefe.

- Nikita foi para outro nível agora. Envolvendo positivamente a CIA e a Casa Branca, quem sabe a família não consiga mesmo a “nova vida” que Madeline os daria.

- A participação de Carlo Rota no 2x20 fazendo Ian Damascus, o "banqueiro particular" de Percy. Carlo também estava em La Femme Nikita, assim como a atriz que fazia Madeline.



Foi lindo de ver:

- 2x20 - As pantufas de Birkhoff:
- 2x20 - Birkhoff gritando “Ajoelhem-se perante Shadom Walker” e sendo preso 5 segundos depois...

- 2x20 - Alex ocupando o lugar de Birkhoff no computador, dizendo que Roan dirige feito uma velha, e gritando “Eu sou incrível!”.

- 2x20 - Nikita falando para Birkhoff: Vim aqui buscar seu traseiro para eu chutar mais tarde.

- 2x20 - Michael falando “Eu gostaria de ver a cara de Percy agora”, explodindo o caminhão de dinheiro, e a cara de Percy aparecendo em seguida:
- 2x20 - A fala de Nikita para Birkhoff: Você é insubstituível e único.

- 2x21 - Michael quebrando o pescoço de Stephen, que ele havia treinado na Division, depois do aluno “citar” o traseiro de Nikita na conversa: I hope that ass was worth it.

- 2x21 - Sean elogiando Alex:
Você é incrível. Tudo o que passou na vida, superar tudo isso, se manter firme e ainda ser boa. Isso é incrível. Não há ninguém mais como você, Alex.

- 2x21 - Sean beijando Alex! (ALELUIA!)

- 2x21 - Ryan falando para Nikita: Nossa casa. Nossas regras.

- 2x22 - A cara de ciúmes de Michael quando Birkhoff tasca um beijo em Nikita...
Reações: 

Relacionados

Review 2206526556688768949

Postar um comentário Comentários via BLOGGER (0) Comentários via DISQUS

Para inserir no comentário:

# Um vídeo: [video]link-do-video-do-youtube[/video]
# Uma imagem: [img]link-da-imagem[/img]
# Um emoticon: clique na carinha acima da caixa de comentários, copie o nome do emoticon e cole.

Comentários educados são sempre benvindos.

emo-but-icon

EeF na Rede


   

Comentários

Arquivo

Categorias

Séries

Tags

Agenda de Episódios

Recentes

Twitter

Facebook

item