inspiration2

Dallas - 1x09 - Family Business

Aquele momento em que você agradece a Deus por não ter largado Dallas.


Aquele momento em que você agradece a Deus por não ter largado Dallas.

Confesso que pensei em largar Dallas. Adoro o clima novelão, mas às vezes cansava quando parecia que a série não tinha mais nada a oferecer. Depois de assistir "Family Business", levantei as mãos para o céu e agradeci por ter teimado e prosseguido.

Porque, simplesmente, não há nada melhor numa novela do que o seu final. Os vilões ficam bonzinhos, os mocinhos fazem discursos de derreter corações, mais máscaras caem, e a morte beira aqueles que deveriam viver para sempre. E isso tudo... é muito bom.

É previsível, mas é uma delícia. No caso de Dallas, ainda tem um adicional porque a história lindamente se repete. Assim como J.R. e Bobby fizeram as pazes muitas vezes no passado, e acabaram ficando mais inimigos que antes quando não dava certo, o futuro da parceria John Ross e Chris tem seu caminho demarcado.

Para incrementar, ainda tem Elena no pacote. A coitada jura de pé junto que John-Lindão é tão inocente quanto um bebê. Vocês viram a cena dela defendendo ele dele mesmo? Foi a piada do ano.

O pior é que Chris sabe sobre a história tórrida de amor entre John e Marta-Louca-Fake e, quando a lambisgoia souber dessa bagunça, há grandes chances dessa parceria já ir para o ralo.

Mas vamos falar de J.R., o homem que se redimiu. Sério, gente? Dei mais créditos à ele do que ele merecia. Se o coração apertou tanto porque o irmão estava morrendo, colocar o nome dos DOIS na escritura não parecia algo mais "aceitável"?

Porém, vamos combinar, né. J.R. levou sermão de decência do filho, tapa na cara da ex, ameaça de morte da cunhada, e... um curto e grosso "eu te amo" de Bobby. A campanha para derrubar o homem veio de todos os lados, foi brava mesmo.

Agora, quanto à morte de Bobby, parece que ele vai para o além desta vez. Além do fato de que tudo se encaminhou para que seu espírito "vá em paz", vale lembrar que o ator foi quem pediu para que seu personagem morresse na primeira versão de Dallas. Logo, pode ser que Bobby Ewing só esteja disponível para uma temporada da nova versão. Mas, claro, resta torcer para que se ele morrer, tudo não seja desfeito em um sonho e em um chuveiro...

Alguém que poderia muito bem usar o artifício de "acordei de um sonho pesadelo" é Sue Ellen. Pobre mulher. Arriscou tudo pelo filho em vão, e agora tem que aguentar o peso morto de Harris preso em seu pescoço. Como se já não bastasse de vilões em Dallas, sobrou para ela ter que aturar aquele que até é cavalheiro o suficiente para levar vinho para uma alcoólatra. É vilania refinada.

Me intriga o que Sue Ellen pode fazer. Ela tem tudo a perder e, caso isso realmente aconteça, toda a segurança e caráter que ela adquiriu em 20 anos vão acabar num copo de uísque. E a antiga Sue Ellen estará de volta.

A maior revelação de Dallas ficou por conta da vaca prenha. Bom, muita gente, inclusive eu, comprou a versão de que Tommy era o lobo mau da história. Afinal, ela só vive fazendo cara de choro e ele pose de louco. Mas é aí que está.

Rebecca merece um Oscar por sua atuação. Tommy não só não é irmão dela, como foi usado para que os planos da bruxa funcionassem. Agora ela está onde quer, com a confiança que precisa, e com dois bilhetes (premiados) na barriga. E como aquele tiro certamente foi em Tommy (mesmo que eu torça pelo contrário), Rebecca voltará para os braços de Chris com pompa digna de rainha. Só resta desejar sorte para o coitado, que vai ser o mais novo fantoche da série.

Mas é assim que caminha a humanidade Dallas. De maldade em maldade, de fantoche em fantoche, de vaca em vaca, de lambisgoia em lambisgoia, de reviravolta em reviravolta...


Momento gargalhada de "Family Business":

Chris: Aqui. 
Bobby: Para que é isso?
Chris: Quero que deixe uma mensagem para os netos que nunca conhecerá, explicando como teria amado fazer parte da vida deles, mas que não pôde pois está morto.
Reações: 

Relacionados

Review 2046960358167121979

Postar um comentário Comentários via BLOGGER (0) Comentários via DISQUS

Para inserir no comentário:

# Um vídeo: [video]link-do-video-do-youtube[/video]
# Uma imagem: [img]link-da-imagem[/img]
# Um emoticon: clique na carinha acima da caixa de comentários, copie o nome do emoticon e cole.

Comentários educados são sempre benvindos.

emo-but-icon

EeF na Rede


   

Comentários

Arquivo

Categorias

Séries

Tags

Agenda de Episódios

Recentes

Twitter

Facebook

item