inspiration2

Suits - 2x06/07 - All In / Sucker Punch

Suits entrando na luta pelo posto de melhor drama da atualidade.


Suits entrando na luta pelo posto de melhor drama da atualidade.

Sim, Suits está muito longe de ser o melhor drama da atualidade. Falta solidez, falta histórico, falta experiência. Mas você já imaginou o patamar que ela atingirá se continuar o perfil destes últimos episódios?

Suits está fazendo a proeza de superar sua própria proposta! Além de ter um trama central bem mais sólida que na primeira temporada, a série está priorizando o arco dos protagonistas em detrimento de seu lado procedural. O detalhe é que, mesmo nos seus casos semanais, a série nunca foi repetitiva nem desconexa. Então, agora,  com este novo caminho que ela trilha, o que antes era bom está excelente.

No 2x06 ainda tivemos um caso da semana (com a participação de Peter Outerbridge, o Ari de Nikita), porém no 2x07 a performance foi toda diferente, para nossa surpresa e satisfação.

O ponto relevante do caso do 2x06 é que Keith Hoyt mostrou ter um passado com Harvey (quem não tem?), o que talvez signifique uma futura participação dele na série. Até porque, sejamos sinceros, é raridade alguém poder dizer que Harvey tem que lhe pagar uma dívida.

Quanto à resolução do rolo "jogo de pôquer versus empresa no guardanapo", podemos chamar a "solução" de Harvey de luto por Donna.

Bom, juntando tudo o que estava acontecendo, agir daquela forma foi como uma injeção de adrenalina. Não só para Harvey, cujo desespero estava palpável, como para Gabriel Macht, que pode dar ao seu personagem uma profundidade bem maior.

Falando em Gabriel Macht, temos que destacar a participação de sua esposa no papel de Zoe Lawford. Desde o primeiro momento dela em cena, para quem sabia que os atores são casados, vê-los naquele jogo de gato e rato foi um deleite. Nem precisa dizer que Suits viu o prato cheio e se esbaldou.

Mas o melhor mesmo foi a tática dela de mostrar o verdadeiro Harvey para os sócios da Person Hardman. Harvey Reginald Specter foi despedaçado, aquebrantado e exposto a todos os olhos. Suas duas fraquezas (Donna e sua falsa indiferença), juntas, formaram o golpe perfeito para derrubar o gigante invencível.

O "julgamento interno" foi a melhor coisa que Suits fez até agora. Uniu egos, segundas intenções, frustrações e fraquezas de todos os personagens, trazendo o pior deles à tona - formando o melhor momento da série.

Aliás, tudo o que envolveu o risco de Harvey perder sua licença foi motivo para os personagens se revelarem. Enquanto Daniel tramava silenciosamente, Jessica mostrou sua verdadeira face através da juíza e ex-colega, Ella Fullman (Rachael Crawford). Claro, desde sempre notamos que a postura - tanto física quanto autoritária - de Pearson era de alguém que não aceita perdas e não mede esforços para permanecer no pódio. O que não imaginávamos é que ela seria sutch a bitch. Foi ótimo descobrir isso. Nós aprovamos!

Nós aprovamos porque não importa o quanto ela seja vadia ou o quanto Harvey seja doce, Daniel não está de brincadeira. Com uma tacada só ele tirou Tanner da jogada e colocou a liderança de Jessica em cheque, atitude que aquela carinha de "novo homem" nem mostrava ser possível.

Portanto, o tempo de piadinhas, murros em Tanner (yes!) e afins, acabou. Foi bom, mas acabou. No meio dessa bagunça toda, até a fraude de Mike correu o risco de ser descoberta. É como uma avalanche: o que começou como picuinha entre Tanner e Harvey, terminou como a brecha para todos os males. E uma vez que esta brecha se abriu, será quase impossível conter o que virá dela.

Porque o que vem dela são as consequências das ações que Harvey e Jessica fizeram em benefício de si mesmos. As sementes que eles plantaram, deram frutos. As atitudes que tomaram, voltaram... para cumprir a lei da natureza de devolver tudo o que fazemos com a mesma intensidade.


Observações:

- Depois da lua de mel com Mike, foi a vez de Louis ter sua lua com Rachel. Talvez isso tenha maior importância no futuro, mas por agora só serviu para duas coisas: deixar Rachel brincar um pouquinho de advogada, e levar o gravador de Louis às mãos de Harvey. Ok, serviu para Louis brilhar um pouco mais também.

- A cena de Harvey ameaçando Louis por causa do gravador: épica. Excelentes atuações, excelente diálogo, excelente dinâmica. Resta saber se esta dívida será mesmo paga.

- Mike enfrentou Jessica e Harvey no 2x07. No final o plano dele não deu muito certo, mas, que ousadia, hein garoto?

Quote do 2x06:

Jessica: Acha que não lembro do seu discurso "Vida é assim e eu gosto assim"? Quando consegue isso no trabalho é uma coisa, mas quando começa a perseguir...
Harvey: Não estava perseguindo, íamos perder na corte.
Jessica: Então, perca!
Harvey: Não, não sou...
Jessica: Você não é o quê? Um ser humano? Somos pessoas e às vezes perdemos.
Harvey: Às vezes? Não sei você, mas parece que é só o que fazemos ultimamente. Hardman voltou, Donna se foi, estamos sendo processados... Estamos lutando por nossas vidas aqui!

Quote do 2x07:

Harvey: Não precisava ter feito aquilo.
Louis: Fiz meu trabalho.
Harvey: Quer mesmo ganhar de mim tanto assim?
Louis: Acha que isso é sobre te derrotar? Tudo isso é para te salvar. Todos estão tentando te ajudar, porque você errou. A culpa é toda sua. [...] E o que acabou de acontecer, com aquela linda mulher lá dentro... É culpa sua... Não minha!

Reações: 

Relacionados

Suits 2ª Temporada 1009986311683136848

Postar um comentário Comentários via BLOGGER (0) Comentários via DISQUS

Para inserir no comentário:

# Um vídeo: [video]link-do-video-do-youtube[/video]
# Uma imagem: [img]link-da-imagem[/img]
# Um emoticon: clique na carinha acima da caixa de comentários, copie o nome do emoticon e cole.

Comentários educados são sempre benvindos.

emo-but-icon

EeF na Rede


   

Comentários

Arquivo

Categorias

Séries

Tags

Agenda de Episódios

Recentes

Twitter

Facebook

item