inspiration2

Once Upon a Time - 2x04 - The Crocodile

Eu sou um covarde. Tenho sido a vida inteira. Eu tentei compensar isso adquirindo poder, e o poder se tornou tão importante que eu nã...



Eu sou um covarde. Tenho sido a vida inteira. Eu tentei compensar isso adquirindo poder, e o poder se tornou tão importante que eu não conseguia me desprender. Nem mesmo... quando significava perder a pessoa mais importante da minha vida.

"The Crocodile" conseguiu ser um episódio bem controverso. Apesar da falta (imensa) que sentimos pela ausência de Branca de Neve e sua filha, a história da soberba e da covardia de Rumplestiltskin, junto com a apresentação do Capitão Gancho, foi um grande acerto da série. 

Como vem fazendo com vários contos de fada, OUAT entrelaçou o caminho destes dois personagens de tal forma que só nos resta admirar a genialidade do roteiro. Digo genialidade porque tudo na vida dos dois se encaixou, tudo se costurou em perfeito sentido. Até o momento do Capitão perder uma mão e adotar o "gancho" no braço esquerdo foi pensado.

No panorama de Rumplestiltskin, temos o 1×19, “The Return”, onde Bae foi atrás da Fada Madrinha para que ela ajudasse ele e seu pai, ao que ela correspondeu dando um feijão mágico que os transportaria para uma terra sem mágica. Naquela época, Rumple prometeu ao filho que largaria a magia por ele... e no final, bem, nós vimos que ele não foi capaz disso.

Já no panorama do Capitão Gancho, a esposa de Rumplestiltskin, Milah, abandonou o filho e o marido covarde para se aventurar com o Capitão por lugares desconhecidos e pelo verdadeiro amor. Vale notar que novamente a série bate a tecla no "poder do verdadeiro amor" (que é o assunto principal dos contos de fada e consequentemente de Once), só que desta vez com um toque maligno de um magoado Rumple.

Cá entre nós, não achei muito ruim aquela vingança dele. Afinal, a mulher deixou para trás um filho que não tinha nada a ver com os problemas de amor ou falta de amor dela. Se Rumple foi longe ao arrancar o coração dela... bom, estamos falando de um bruxo-chateado num mundo de fantasia. Mas o que importa aqui é a fala do Capitão: 

Você pode estar mais poderoso agora, demônio, mas não é menos covarde.

A covardia foi nos dois lados. Primeiro, o Capitão roubou a esposa do homem e o desafiou a "lutar" por ela, sendo ele um exímio lutador e Rumple um bichinho medroso. E segundo, o "roubo" foi por vontade do objeto roubado, mas o marido abandonado pensou o pior: que sua mulher estava sob o domínio do ladrão. 

Dito isto, tenho que considerar que por Mr. Gold ser um personagem que vejo desde o piloto, e que em várias ocasiões demonstrou simpatia, provavelmente tenho a tendência de não achar horrível a atitude vingativa do Senhor das Trevas. No entanto, aplicando o mesmo tipo de pensamento para ele, é claro que mesmo poderoso ele foi covarde. Ao desafiar o Capitão para um duelo, a situação anterior se repetiu: o Capitão não estava à altura de seu oponente.

Ao matar sua esposa, ele foi covarde por retribuir com morte uma questão de... ego ferido. Nem se compara vida com ego ferido. Mas, claro, Capitão Gancho foi mais rápido e roubou a única esperança que Rumple tinha de reencontrar seu filho. E, aparentemente, o feijão mágico o levou para a terra onde está Cora e onde OUAT junta dois vilões amargurados querendo vistiar Storybrooke.

Falando em Storybrooke, por lá as coisas se resumiram ao enjoo de Belle. Que me desculpem os mais meigos, mas estou tendo problemas em aceitar Emilie de Ravin neste papel. A impressão que tenho é que ela não está no "clima" da fantasia, aquele que a gente sente quando Snow ou Regina, por exemplo, entram em cena.

Basicamente, no 2x04 tudo o que a princesa fez foi correr de dois homens: do namorado-monstro e do pai-monstro. Depois de envolver o (xerife!) Charming, a loba Ruby e quase ser forçada a sair dos limites da cidade, parece que ela finalmente vai começar a ter vida própria e a comer cheeseburgers. Só me resta desejar boa sorte e mais entusiasmo pra próxima vez que ela aparecer. Afinal, ela está em Sotrybrooke, uma cidade habitada por seres de contos de fada e mágica. O mínimo que ela tem que ser é (menos enjoadinha e) mais espirituosa por viver uma realidade cheia de fantasia.

O que se destacou mesmo, como sempre, foi o ator Robert Carlyle. A cena dele pedindo a ajuda de David, mesmo depois de pedir que o príncipe o deixasse em paz, foi uma chance de vermos o Senhor das Trevas engolir seu imenso orgulho. A confissão dele para Belle, com as palavras que iniciaram esta review, foi outra chance de o vermos superando seu ego ferido.

E descobrirmos que ele trouxe a mágica de volta para recuperar seu filho me faz gostar do personagem mais ainda. Sim, ele continua sendo multifaceta e um homem de interesses bem ocultos, mas está claro o seu arrependimento por ter escolhido o poder ao invés daquele que ele amava. Aqui também passamos a entender o porquê de ele ajudar Emma desde que ela chegou na cidade, e qual o motivo que ele tinha para querer quebrar a maldição.

Para finalizar, "The Crocodile" cumpriu bem o seu papel. Ele foi centrado em Rumplestiltskin/Mr. Gold, sua natureza má e covarde, e seu consequente arrependimento. O episódio termina com a promessa de vingança do Capitão, o que deixa aquele gosto de imprevisibilidade, pois não dá para imaginar o que será da chegada dele e de Cora num lugar tão diferente como Storybrooke. Tal imprevisibilidade, claro, é mais um ponto positivo para OUAT, que consegue fazer histórias mirabolantes depois que a gente jura que a série já mostrou tudo o que tinha para mostrar.


Observações:

- Atenção muito especial para os músculos de Charming garimpando na mina: go, príncipe encantado!

- Quem espera que mr. Gold arranque a verdade de William Smee levanta a mão.

- Mr. Gold pedindo conselhos amorosos para Charming: como o mundo dá voltas!

- Depois deste episódio, minhas suspeitas de que o "Mysterious Man" do 2x01, "Broken", é o filho do mr. Gold só se aumentaram.
Reações: 

Relacionados

Review 2476877576482692330

Postar um comentário Comentários via BLOGGER (0) Comentários via DISQUS

Para inserir no comentário:

# Um vídeo: [video]link-do-video-do-youtube[/video]
# Uma imagem: [img]link-da-imagem[/img]
# Um emoticon: clique na carinha acima da caixa de comentários, copie o nome do emoticon e cole.

Comentários educados são sempre benvindos.

emo-but-icon

EeF na Rede


   

Comentários

Arquivo

Categorias

Séries

Tags

Agenda de Episódios

Recentes

Twitter

Facebook

item