inspiration2

As 10 Melhores Séries de 2012 para o New York Times (com Comentários)

Depois de comentarmos uma lista com as piores séries de 2012, vamos fazer o mesmo com uma lista de melhores. Mike Hale, colunista do New ...

Depois de comentarmos uma lista com as piores séries de 2012, vamos fazer o mesmo com uma lista de melhores. Mike Hale, colunista do New York Times, escolheu as 10 séries que mais lhe agradaram neste ano. Resta saber se a lista ficou a altura do nome do lugar onde ele trabalha.

As 10 Melhores Séries de 2012
Por Mike Hale


10. 'The Good Wife' (CBS)

Comentário do Mike: Nem todo plot funciona, mas quando o drama jurídico da CBS se foca em família e em política, ainda merece fazer parte do Top 10.

Comentário meu: Quando vi TGW aqui achei que era brincadeira do Times. Só podia ser. Se estivéssemos na 2ª temporada, nada seria mais natural do que ter a Boa Esposa nesta lista. Mas não. Não estamos na 2ª. Estamos numa morna e parada 4ª temporada, e a presença da série aqui ou significa nostalgia ou significa piada. Tem milhares de outras séries que estão fazendo algo de verdade e mereciam estar nessa posição.


9. 'Homeland' (Showtime)

Mike: A série provavelmente deveria ter terminado por agora, mas as atuações são ótimas e os episódios são cheios de tensão (ao contrário de The Walking Dead) com a mesma sutileza cinematográfica.

Eu: Tirando a alfinetada desnecessária em TWD, só tenho a comentar que quem assiste Homeland certamente acha que a série merecia uma posição melhor. Eu, particularmente, não sou fã da história e não colocaria ela na minha lista. Mas isso é assunto para outra hora.


8. 'Moyers & Company' (PBS)

Mike: Políticos conservadores fazendo campanha contra a PBS não deveriam se focar apenas em impostos: o canal também é a casa do maior programa subversivo da TV americana. Sentando numa pequena mesa num "bar set", Bill Moyers pergunta a estudiosos, jornalistas e ativistas questões sobre nosso sistema político -- a quem ele serve, como ele é pago -- que ninguém mais pergunta na televisão.

Eu: A lista de Mike engloba todos os tipos de shows da TV americana. Por um lado mostra a faceta cult do crítico, mas por outro penso que ele poderia ter feitos listas distintas e dado este lugar para uma série que ficou de fora.


7. 'Dexter' (Showtime)

Mike: Em sua 7ª temporada, o procedural serial killer da Showtime, estrelado por Michael C. Hall, está mais inteligente, mais letrado, e mais bem construído do que um monte de séries de TV a cabo que recebem mais atenção e prêmios. Com Jennifer Carpenter, Desmond Harrington, Lauren Vélez, David Zayas e James Remar, Dexter também continua tendo um dos melhores elencos coadjuvantes.

Eu: DEXTER NA LISTA DAS MELHORES SÉRIES DE 2012? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER? DEXTER?


6. 'Adventure Time' (Cartoon Network)

Mike: A série animada de Pendleton Ward sobre um garoto e seu cachorro em um engraçado-assustador e colorido mundo futuro é bobo, encantador, excitante e surpreendentemente emocional, o que implica dizer que esta é uma das raras séries de criança que os adultos podem gostar de assistir ao invés de ter que apenas tolerar.

Eu: Estou começando a achar que o NY Times deveria ter escolhido outro colaborador para fazer essa lista. Será que Adventure Time é melhor do que uma Mad Men ou uma Sons of Anarchy da vida?


5. 'The Killing' (AMC)

Mike: A primeira temporada não foi tão ruim como todo mundo estava falando, e a segunda foi sensacional, com alguns episódios cheios de suspense e outros mais tranquilos.

Eu: Depois de TGW e Dexter, eis The Killing na lista. E ainda só estamos na 5ª posição.


4. Documentários da HBO

Mike: As séries de documentários do canal poderiam estar nesta lista todo ano, mas 2012 contou com uma forte programação incluindo “The Loving Story,” “Vito” e “Hard Times: Lost on Long Island”.

Eu: [...] 


3. 'Louie' (FX)

Mike: A sitcom altamente intimista de Louis C. K. mostrou alguma tensão nesta 3ª temporada com a história de um pai solteiro nova-iorquino tendo uma pequena sacudida. Ele anunciou que vai demorar mais tempo para desenvolver a 4ª temporada, que não sairá antes de 2014. Mas a série ainda teve uma honestidade e imediatismo altamente incomum no horário nobre da TV.

Eu: Pelos elogios que Louie sempre ganha da maioria que assiste, finalmente parece que temos algo justo nessa lista.


2. 'Shouthland' (TNT)

Mike: Séries policiais são ridicularizadas por serem muitas e muito estereotipadas. Uma outra maneira de olhar para elas é que elas são tão onipresentes porque elas são o que a TV americana faz de melhor (com tanta prática também, né). Com sua câmera cinética, uma escrita contida e um elenco excelente liderado por Regina King, Southland é atualmente o melhor drama policial americano disparadamente.

Eu: Ainda não acompanho Southland, mas está nos meus planos. Só não sei se quem assiste e é fã colocaria a série neste Top 10 e nesta posição.


1. 'Sherlock' (PBS)

Mike: Nós temos apenas três episódios desta série por ano, mas cada um carrega uma incrível quantidade de inteligência, mistério, ação, frágil emoção e puro entretenimento dentro de 90 minutos. Benedict Cumberbatch e Martin Freeman, como os contemporâneos Holmes e Watson, dão diferentes mas perfeitamente complementares interpretações aos seus personagens, e cada um deles é maravilhoso.

Eu: Na Inglaterra, a 2ª temporada de Sherlock passou em janeiro deste ano. Nos EUA, pela PBS, foi em maio. Concordo plenamente com Sher neste Top, mas discordo dela em 1º lugar. Porém, considerando esta peculiar lista do Mike, é um alívio ver a obra de Moffat pegar o troféu de ouro. Porque do jeito que ia indo, só faltava algo como Glee ou Scooby-Doo aparecer por aqui.


E tem mais:

Por pouco não entraram na lista: “Grimm,” “The Newsroom,” “Justified,” “Fringe,” “Community.”

Está na lista de todo mundo menos nesta: “Breaking Bad”: quanto mais devagar fica, mais as pessoas amam. “Game of Thrones”: nada de errado com a série e nada de mais também.

Deixadas de fora: “The Walking Dead” 

As mais superestimadas: “Mad Men,” “Game Change,” “Girls”

As melhores novas séries: “Nashville” em sua primeira semana; “Elementary” depois da primeira semana.

Pela ótima atuação: Maggie Q em “Nikita.”

Guilty Pleasures: Por onde começar? Ou parar. “Revenge,” “Covert Affairs,” “Scandal,” “Bunheads”.


Minha conclusão: 

Se tivesse uma lista das piores listas de melhores séries, esta teria um dos cinco primeiros lugares com certeza (acredite, tem outras piores do que esta). Mas o mais assustador é que ela é do New York Times. Do NY TIMES!

Foi incrível (só que não) Mike Hale colocar Dexter e TGW aqui e nem sequer citar Sons of Anarchy nas que "Por pouco não entraram na lista". E depois ele ainda comenta que Dexter é muito melhor do que outras séries de TV a cabo que recebem mais atenção e prêmios...

Ele falar mal de GOT não faz mal. A 2ª temporada foi terrível. Mas falar mal de Breaking Bad e se gabar por não tê-la no Top? Aham, Cláudia. Senta lá.

Para terminar, sua listagem de Guilty Pleasures me deu um certo prazer. Para um seriador e crítico que considera as péssimas Scandal e Bunheads como guilty pleasures, nem é necessário comentar que credibilidade (e sanidade) é a última coisa que ele tem. Scandal descambou feio e virou uma merda, e Bunheads é mais sem graça do que chuchu. Do mesmo jeito que essa lista.

E você? Qual conclusão você tirou da lista cagada de Mike Hale?
Reações: 

Relacionados

Top em Foco 2580326336692346035

Postar um comentário Comentários via BLOGGER (0) Comentários via DISQUS

Para inserir no comentário:

# Um vídeo: [video]link-do-video-do-youtube[/video]
# Uma imagem: [img]link-da-imagem[/img]
# Um emoticon: clique na carinha acima da caixa de comentários, copie o nome do emoticon e cole.

Comentários educados são sempre benvindos.

emo-but-icon

EeF na Rede


   

Comentários

Arquivo

Categorias

Séries

Tags

Agenda de Episódios

Recentes

Twitter

Facebook

item