inspiration2

O maldito final de Dexter (e o final ideal para mim)

Se houvesse um Framboesa de Ouro para séries, quem você acha que ganharia neste ano?


Se houvesse um Framboesa de Ouro para séries, quem você acha que ganharia neste ano?

Eu comecei a ver Dexter entre o hiatus da 4ª e 5ª temporada. Foi uma experiência maravilhosa, parecia que eu havia encontrado uma das séries mais geniais do mundo. A cada novo episódio eu ficava apreensiva, quase roendo as unhas, admirando aquela história tão absurda quanto fantástica.

Até minha mãe se envolveu no processo. Quando veio a 5ª temporada, eu baixava o episódio para ver durante o almoço, e minha progenitora vinha correndo quando ouvia o tema de abertura de Dexter. Ela não consegue acompanhar direito o contexto e a legenda, mas nem de longe isso a impedia de gostar da coisa e, olha, torcer pelo serial killer justiceiro. Este paraíso foi bom enquanto durou.

Para mim, Dexter começou a desmoronar depois da morte de Rita. A morte de Rita, na verdade, foi o primeiro grande erro, do qual a série nunca se recuperou. Rita era o lado humano de Dexter e, embora ela o "amolecesse", o relacionamento deles era único. O fato de estarem juntos já era um contraste que fez (e faria) Dexter se questionar -- e evoluir -- todo o tempo.

Saudade dos bons tempos

Eu esperava que no final veríamos Dexter fugindo de tudo e de todos depois de ser descoberto. Imaginei que o mundo ficaria em polvorosa ao descobrir sobre as atividades extracurriculares daquele simples homem, pai de família, marido dedicado, irmão amoroso, funcionário exemplar. Mas, sobretudo, eu esperava ver Dexter caindo aos olhos de Rita. Encenei na minha mente como seria ela não reconhecê-lo e ele tentando convencê-la -- o grande amor da vida dele -- de que ele era (também) o homem pelo qual ela se apaixonou. Os filhos deles ficariam aterrorizados, a família seria perseguida. Seria o caos.

Neste cenário, Debra não aceitaria este lado do irmão. Ela continuaria com o caráter e a fucking atitude que sempre teve. Cumprindo seu papel de detetive, ela o caçaria, usaria o relacionamento deles como vantagem para pegá-lo. O departamento de polícia de Miami não apenas investigaria Dexter, mas também seria severamente investigado por ter abrigado por tanto tempo um monstro do crime.

Lumen, Travis Marshall e Hannah McKay nunca teriam existido, ou seriam apenas casos da mesa de Dexter. A Dra. Evelyn Vogel nunca teria nem passado perto de existir e Zach Hamilton nem concebido seria. La Guerta e Quinn teriam, no mínimo, morrido lá pela 5ª temporada. Com mortes proporcionais à chatura deles, claro.

Mas tudo isso ficou encenado apenas na minha cabeça.

Até vejo que coloco Rita num patamar alto em relação a Dexter ao esperar que muito girasse em torno dela, mas também é verdade que desde sua morte a série tentou todo o tempo substituí-la. Veio mulher atrás de mulher, cada uma com uma bagagem e um quê de Dexter, mas nenhuma conseguiu o feito. Em determinado momento, os roteiristas tiveram a ideia de fazer Debra ocupar este espaço, e aí tivemos o plot mais NOJENTO de todos os tempos, com um incesto que faz querer vomitar até o almoço do mês passado. Depois chegou Hanna, que era muito boa na teoria, mas na prática foi um desastre absoluto. Bem que você podia ter ficado quietinha em Chuck, Sarah.

Se mata não, Jenninha

E foi erro atrás de erro. Bons antagonistas vinham e morriam logo em seguida. Deb se tornou uma personagem de moral questionável, algo totalmente incompatível com ela... e tudo por "amor". Os personagens coadjuvantes passaram a ter histórias completamente patéticas (que não vou nem citar porque não sou sadomasoquista), e nenhum deles, NENHUM dos detetives que trabalharam com Dexter por tantos anos conseguiu descobrir quem ele realmente era (exceto LaGuerta, que era um personagem irritante demais, foi caçar o maior serial killer do universo SOZINHA, e morreu sem deixar pistas concretas para ninguém).

No minuto em que Batista podia notar algo (ao ver o vídeo da morte de Saxon), deram a droga da idiotice pra ele. O cara viu que Dexter matou friamente e apertou o botão de pânico na maior tranquilidade, mas preferiu confirmar a versão de legítima defesa "por causa" de Deb. Ridículo.

Muitas saudades mesmo dos bons tempos
Mais ridículo ainda foi o final que deram para Deb. De todos os finais possíveis, escolheram um onde ela leva um tiro por "bobeira", é tratada por uma médica mais burra que uma porta, e depois é finalizada pelo próprio irmão (!).

Vejam:

Dexter entrou em um hospital lotado em estado de emergência, matou a irmã e ninguém viu. Levou um corpo para fora do hospital e ninguém viu. No meio de uma tempestade (com chroma key de Ringer!) jogou um defunto em alto-mar e ninguém viu.

Fico me perguntando o que acharam os atores de um roteiro tão estapafúrdio. O que será que pensou Jennifer Carpenter ao gravar esse final asqueroso? Oito anos interpretando magistralmente Debra Morgan para terminar assim, sem dignidade nem lógica alguma.

E Michael C. Hall? De tão decepcionado ele estava apático e inexpressível. Parecia que ligou o piloto automático e recitou as linhas do roteiro na base do decoreba. Nem de longe lembrava aquele ator que surpreendia a todos com sua atuação, com direito a Globo de Ouro em 2010 pelo excelente desempenho.

Dexter terminou massacrado, sem identidade e covarde. Desde quando abandonar o filho com Hanna (com Hanna!) era algo justificável? Pelo amor de deus. E desde quando uma criminosa procurada nacionalmente consegue fugir do país COM UMA CRIANÇA QUE NÃO É DELA sem nem sequer disfarçar? Gente, socorro.

A cena final onde ele olha para a câmera e abre os olhos pode ser legendada como: graças a deus me livrei dessa merda. Aposto que ele estava com vontade de sair correndo dali e enfiar a cara no vaso de tanta vergonha. Aliás, Michael participou de um dos Series Finales mais elogiados de todos os tempos (Six Feet Under), e agora protagonizou um dos piores de todos os tempos. Pelo meno ele tem SFU de consolo, certo? E o resto do elenco que não tem nada?

Compre já o seu Dexter perfumado

Não consigo entender como os showrunners chegaram a este ponto. A qualidade da série veio caindo, caindo, caindo, e quando pensávamos que não tinha mais como, eles nos mostraram que sempre tem um jeito de cavar a foça mais fundo se você se esforçar. Porque só pode ter sido isso: esforço para fazer merda. Esforço para estragar tudo. Esforço para destruir o que era genial. ESFORÇO.

E olha, as críticas vieram cedo e de todos os lados. Sites especializados e fãs nos comentários deixaram bem claro que não estavam gostando do que viam, e ainda assim Scott BuckSara Colleton (guardem esses nomes) ousaram e... fizeram este final infernalmente torturante.

Foi um desrespeito, uma ofensa. Aos fãs que acompanharam essa história por 8 anos, ao Dexter que é um personagem tão rico, multifacetado e desafiante.

É, não vai ser fácil superar esse final.


O melhor: Acabou.
O pior: Desperdiçou 8 anos das nossas vidas.
Melhor quote: O quão estúpido você acha que eu sou? [Elway para Hanna -- e nós para os showrunners]
Nota: -10


* Sim, eu larguei Dexter na 6ª temporada e acompanhei a história por leitura e vendo um ou outro episódio. E dou graças aos céus por não ter submetido meus olhos a essa tortura.

Reações: 

Relacionados

Dexter 8ª Temporada 2997530320210666901

Postar um comentário Comentários via BLOGGER (2) Comentários via DISQUS

  1. Ótima resenha, ela expressou muito bem o que eu senti, ao ver o final da série. Realmente, as duas últimas temporadas foram umas das piores coisas que já vi, em termos de seriados. Só não entendo como uma série tão boa, pode acabar de maneira tão lamentável. É uma pena.

    ResponderExcluir
  2. Gostaria que Dexter,fosse um herói que Marta bandidos mal sem recuperação.ele deveria viver muito bem e feliz com seu filho.assim seria um final perfeito.
    🎂

    ResponderExcluir

Para inserir no comentário:

# Um vídeo: [video]link-do-video-do-youtube[/video]
# Uma imagem: [img]link-da-imagem[/img]
# Um emoticon: clique na carinha acima da caixa de comentários, copie o nome do emoticon e cole.

Comentários educados são sempre benvindos.

emo-but-icon

EeF na Rede


   

Comentários

Arquivo

Categorias

Séries

Tags

Agenda de Episódios

Recentes

Twitter

Facebook

item