inspiration2

10 curiosidades sobre o fim (e a despedida) de Breaking Bad

Que o final de Breaking Bad foi perfeito todo mundo já sabe. Mas como se isso não bastasse, diversos acontecimentos rechearam o pré e o...


Que o final de Breaking Bad foi perfeito todo mundo já sabe. Mas como se isso não bastasse, diversos acontecimentos rechearam o pré e o pós finale da série, fazendo um conjunto bem interessante de curiosidades do universo Breaking Bad. Tem de tudo. Até atores de cinema, outras séries (e showrunners) entraram na salada. E tem comida também. E tem sais de banho também!

TODOS clicando em Leia Mais.

1. Anthony Hopkins enviou um e-mail TIETANDO Bryan Cranston 

Depois de fazer maratona de Breaking Bad por 2 semanas, Anthony Hopkins (sim, o Hannibal Lecter), enviou a seguinte carta para Bryan:

Caro Sr. Cranston,

[...] Acabei de terminar uma maratona de “Breaking Bad” – a partir do primeiro episódio da primeira temporada – com os últimos oito episódios da quinta temporada (eu baixei a última temporada na Amazon). Um total de duas semanas (viciantes) assistindo.

Eu nunca vi nada parecido. Brilhante! Seu desempenho como Walter White foi a melhor atuação que eu vi na vida.

Eu sei que há muita empolgação desnecessária e besteira nesta indústria, e eu perdi a crença em qualquer coisa relacionada a ela.


Tony Hopkins
Mas esse trabalho de vocês é espetacular – absolutamente deslumbrante. O que é extraordinário é o poder absoluto de todos na produção. O que foi? Cinco ou seis anos fazendo? Os produtores (mesmo sendo um deles), os escritores, diretores, cineastas …. cada departamento conseguiu manter a disciplina e controle do começo ao fim. Isso é espetacular.

Desde que começou como uma comédia de humor negro, desceu em um labirinto de sangue, destruição e inferno. Era como um grande Jacobino, tragédia de Shakespeare ou grega.

Se você já tiver a oportunidade de passar a minha admiração a todos, Anna Gunn, Dean Norris, Aaron Paul, Betsy Brandt, RJ Mitte, Bob Odenkirk, Jonathan Banks, Steven Michael Quezada – todos – todos deram o seu melhor… A lista é interminável.

Obrigado. Esse tipo de trabalho/arte é rara, e quando, de vez em quando, ela ocorre, como nesta obra épica, restaura a confiança nesta indústria. Você e todo o elenco são os melhores atores que eu já vi.

Isso pode soar como um bom pulmão cheio de empolgação. Mas não é. É quase meia-noite aqui em Malibu, e senti-me compelido a escrever este e-mail. Parabéns e meu mais profundo respeito. Você é realmente um grande, grande ator.

Cumprimentos
Tony Hopkins

2. Walter White teve obituário em Albuquerque, New Mexico. Tá achando que o trem é brincadeira? 

Após o series finale, os habitantes de Albuquerque (cidade onde a série foi filmada), fizeram uma homenagem pra lá de linda. David Layman, um professor de ciências, e membros do grupo do Facebook “Unofficial Breaking Bad Fan Tour”, pagaram para sair um obituário no jornal local, The Albuquerque Journal, para o ficcional professor de química que se tornou o rei da metanfetamina:


3. Damon Lindelof usou o final de Breaking Bad para se "justificar" por Lost. Sim, ele teve a coragem...

Rindo pra não chorar
Damon Lindelof, grande responsável por Lost, NUNCA deixou de ser massacrado pelo final que deu à sua própria série. Desde o término, em maio de 2010, ele sempre é questionando sobre a merda que fez, seja em entrevistas, com jornalistas visivelmente decepcionados, seja no Twitter, onde seguidores (e não seguidores) não perdem a chance de mostrarem como se sentiram miseráveis com o final de Lost. Daí, quando saiu o final de BREAKING BAD, muita gente esgoelou na Timeline que VINCE GILLIGAN sabe como fazer um final, e que é ASSIM que se faz um final.

Pois bem. A convite do The Holywood Reporter, Damon escreveu um artigo (muito despeitado, como era de se esperar) comentando o final de Breaking Bad, e de quebra dizendo o porquê que não falará mais sobre o final de Lost (aham, tá). Se você quiser e tiver a disposição, pode ler o texto aqui (em inglês).

Eu, particularmente, fico com dó dele por ver sua obra-prima ser rejeitada desta forma por causa da besteira que ele fez no final. O fato é que há 99,99% de chance que ele não consiga fazer algo como Lost outra vez nesta vida, e o outro fato é que PARA SEMPRE ele será lembrado como o cara que criou uma série revolucionária e deu um final cocô medíocre para ela.

Desculpe, Damon. Você nunca será o Gilligan. Mesmo que tenha a ousadia de parafrasear Walter White. E se até hoje você precisa defender ou "explicar" o final que "quis" dar para Lost, é porque claramente tem algo de errado nele. Mesmo que você (publicamente) nunca admita isso.

4. A música "El Paso" narra a história TODINHA de Breaking Bad

"El Paso", balada country de Marty Robbins de 1959, apareceu no comecinho do episódio Felina, quando Walt entra em um carro, começa a procurar a chave, abre o porta-luva e deixa cair uma fita K7 da música.

Na letra, Felina é uma moça mexicana na qual um atirador é apaixonado. Em “Breaking Bad”, Felina, claro, seria a metanfetamina azul feita por Walt.

Bonnie Rose postou um vídeo no Vimeo com cenas de toda a série ilustrando a letra de "El Paso". O resultado, meus caros, é totalmente magnífico:



5. Fã que é fã oferece 75 milhões de dólares para ter mais episódios de Breaking Bad

Seis semanas antes da exibição de Felina, Jeffrey Katzemberg, executivo da DreamWorks, ofereceu a bagatela de 75 MILHÕES DE DÓLARES para ter um pouco mais de Breaking Bad.

A ideia dele era fazer mais 3 episódios que não seriam exibidos na TV, mas sim na internet. Ele queria transmitir trechos de 6 minutos, diariamente por 30 dias, e cobrar um valor entre 0,50 e 0,90 centavos de dólar para dar acesso. Além de dizer que era louco pela série, ele deu a seguinte justificativa:

A última temporada teve um orçamento aproximado de US$ 3.5 milhões por episódio. Então eles iriam lucrar mais com esses três episódios do que haviam lucrado durante os cinco anos inteiros de exibição.

* Levantando as mãos aos céus e agradecendo por ninguém ter aceitado essa brilhante ideia *

6. Baby Blue arrebatando corações

A música "Baby Blue", que terminou lindamente a última (e épica) cena da série, se deu MUITO bem. Ela foi lançada em 1971 pela banda Badfinger (considerada a mais azarada do rock), e não fez muito sucesso na época.

Depois de Breaking Bad, no entanto, a venda do single subiu 3000% (sim, três mil porcento). Somente na noite do último episódio, a faixa foi baixada mais de 5 mil vezes nos EUA, de acordo com a Nielsen Sound Scan. YEAH, BITCH!

7. Breaking Bad NÃO teve referências a Lost!

O Fábio Lins, dono do (ótimo) blog Breaking Bad Brasil, perguntou a um dos roteiristas de Breaking Bad, Thomas Schnauz (Buried, Say My Name, End Times), sobre possíveis referências a Lost na série. E não é que o cara respondeu? Breaking Bad NÃO tem referências a Lost! #chupadamon

Veja como foi a conversa:






You go, Fábio!

8. O UOL visitou locações de Breaking Bad e mostrou a vida real de Albuquerque

O UOL foi em Albuquerque, cidade do New Mexico (EUA), para mostrar como é a cidade que serviu de locação para Breaking Bad. A matéria ficou super interessante e os albuquerquenses, óbvio, são fãs da série:


9. Os habitantes de Albuquerque fizeram a economia FERVER com Breaking Bad! 

Você sabia que a metanfetamina que aparece na série é um doce? Você sabia que em Albuquerque tem a cerveja "Walter White light" e "Heisenberg"? E você já ouviu falar do "Breaking Bath"? São os habitantes de Breaking Bad deitando e rolando, ora!


10. Joking Bad

Jimmy Fallon, notório apresentador americano, não perdeu tempo e fez uma paródia de Breaking Bad: Joking Bad. Jimmy é MUITO criativo pra fazer essas coisas, e ele não poupou referências a diversas falas icônicas da série, assim como adotou o nome "Falsenberg" para sua interpretação peculiar de Heisenberg. E isso não é tudo! No vídeo tem aparições SURPRESAS pra fechar tudo com chave de ouro!

Vídeo legendado por Henrick Peres


BÔNUS:

Vocês já viram como será o "box" de Breaking Bad?

Baba, baby, baby, baba baba baba

Observação: a imagem de capa deste post é uma fan art por Mizz-Depp.
Reações: 

Relacionados

Top em Foco 7782503643999648833

Postar um comentário Comentários via BLOGGER (2) Comentários via DISQUS

  1. Damon Lindelof e seu enigmático característico em sua série. O The Leftovers não foi excepção e história está cheia de perguntas sem resposta.

    ResponderExcluir

Para inserir no comentário:

# Um vídeo: [video]link-do-video-do-youtube[/video]
# Uma imagem: [img]link-da-imagem[/img]
# Um emoticon: clique na carinha acima da caixa de comentários, copie o nome do emoticon e cole.

Comentários educados são sempre benvindos.

emo-but-icon

EeF na Rede


   

Comentários

Arquivo

Categorias

Séries

Tags

Agenda de Episódios

Recentes

Twitter

Facebook

item