inspiration2

Top 5 argumentos idiotas dos fãs das séries que a gente não gosta

O título deste post acaba servindo para todos os seriadores. Volta e meia estamos defendendo a série que amamos das pessoas que não gost...


O título deste post acaba servindo para todos os seriadores. Volta e meia estamos defendendo a série que amamos das pessoas que não gostam dela, ou seja, em algum momento vamos acabar usando aqueles argumentos idiotas que detestamos ouvir. E por mais que digam "é só uma série", o sangue não vai deixar de ferver quando alguém soltar um comentário ofendendo a série do seu coração. É quase automático. De repente viramos um bando de retardados defendendo algo que é... ficcional. Fazer o quê, né? Quem disse que vida de seriador seria honesta fácil?

5. Se você está criticando, por que você não larga?

E que tal se eu largar um murro no seu estômago?
Mas, meu amigo, eu largo a série na hora que eu quiser! E que ideia é essa de que, a partir do momento em que eu reclamo eu tenho que largar? Ou que se eu estiver acompanhando eu não posso reclamar?

Quando falam isso a gente fica até meio sentido porque parece que a argumento é realmente válido. Só que não, né. Primeiro que você só larga a série quando... te der vontade de largar. Que se dane se os outros "acham" que você tem que largar.

Segundo que, se você está assistindo, não está gostando, está criticando e não larga, é porque você espera que algo mude. Tudo bem que você pode estar se iludindo. Tudo bem que você pode estar na quarta temporada de The Walking Dead achando que agora algo vai ser diferente. Mas e daí? Pra quem você deve satisfação mesmo?


4. Você não acha que está esperando demais da série não?

Ah, SÉRIO? Que chato, véio.
Não. Estou esperando dela apenas o que ela deve ser: uma série inteligente.

Nessa onda infinita de roteiros burros que a gente está vivendo, onde até séries de EXCELENTES premissas estão se afogando, e dentre as 500 estreias da Fall Season, 400 são cópias de tramas que estamos carecas de conhecer, e 99 são plots inventados por crianças de 2 meses, não está fácil arrancar algo de útil ou mesmo aceitável. Os roteiristas estão brincando com nossos cérebros porque, afinal, nós provavelmente somos um bando de anencéfalos andantes.

Aí vem um seriador e pergunta se a gente não deveria simplesmente aceitar o que estão nos entregando porque "isto é o que a série é", porque "isto é o que o canal é" e mais um monte de blá blá blá. Ai, amigo, se a burrice está sendo suficiente pra você, isso já diz tudo, não é mesmo?


3. Você não sabe ser fã!

Vai aprender os significados das
palavras antes de usá-las, diabo!
Ah, não me diga!

Então quer dizer que ser fã é gostar de qualquer merda que joguem na minha cara? Sério que é esse o argumento que você tem para me convencer de que a série continua boa?

Prezado seriador, se você chegar numa conversa e a única fala que estiver na sua cabeça for "você está reclamando porque não sabe ser fã", eu tenho um conselho: cale-se e recolha-se à sua insignificância. Quando nem você, que se diz o FÃ VERDADEIRO, sabe defender as tramas de sua série querida com argumentos plausíveis, há algo de errado até contigo, não é mesmo?

Mas, pra começo de conversa, você bem que podia rever seu conceito de "fã". Ou, quem sabe, voltar para o pré alfabetização.


2. Você está se apegando aos detalhes. Tem que olhar só para o que realmente importa!

Então olha aqui o que realmente importa!
Hun, então me diga: quem vai definir o que "realmente importa"? É você? Mas que conveniente, né?

Então quer dizer que, se eu falo sobre aquilo que você não sabe defender e prefere ignorar, eu estou me "apegando aos detalhes"?

Olha, vamos olhar para as coisas direito. Primeiro que não tem "o que realmente importa" e o que é "detalhe". Cada um vê a série de um jeito diferente.

E segundo, o que é isso aqui? Censura ao que pode-se dizer ou não? Ah, por favor, nos poupe. Poupe a si mesmo dessa idiotice. Gente, cada um vê o que quer e fala o que quiser. Inclusive você que quer dar uma de moderador das línguas alheias!


1. Você não gostou porque você não entendeu.

SÉRIO?
Então venha aqui me explicar o que eu fui muito
burro pra entender, mestre da inteligência!
De todos, este é o que ganha disparado o troféu da idiotice. Que prepotência é dizer que alguém não gostou do que você adorou porque esse alguém é burro. Assim fica muito fácil, não?

Seriador tá mais que acostumado com isso, principalmente se não gostou do famigerado final de Lost. Mas, pasmem, que já vi até fãs de Glee chamando os que não gostam do musical meloso de burros.

E do jeito que a coisa anda, agorinha fãs de Two and a Half Men, CSI, The Vampire Diaries, Teen Wolf, Pretty Little Liars, The Big Bang Theory, Supernatural e tanta outras vão dizer o mesmo. Porque é óbvio, a prova da burrice é não gostar do que o outro gosta. Afinal, em que mundo viveríamos se gosto fosse igual a c* e cada um tivesse o seu?


E então, quais são os outros exemplos de argumentos idiotas que você está cansado de ouvir? Quais são aqueles que você -- embasbacado --para e fala:

Reações: 

Relacionados

Top em Foco 4898108974475483751

Postar um comentário Comentários via BLOGGER (1) Comentários via DISQUS

  1. Olha, acho que esses 5 já resumem tudo, kkkkk

    Claro que uma série tem seus bons e maus momentos, mas tem série que passa umas duas ou três temporadas decaindo e a pessoa ainda acompanhando para vê se algo melhora, peraí, é falta do que assistir? Sério, fã de verdade reconhece tanto os méritos quanto os descasos daquilo que ele curte.

    ResponderExcluir

Para inserir no comentário:

# Um vídeo: [video]link-do-video-do-youtube[/video]
# Uma imagem: [img]link-da-imagem[/img]
# Um emoticon: clique na carinha acima da caixa de comentários, copie o nome do emoticon e cole.

Comentários educados são sempre benvindos.

emo-but-icon

EeF na Rede


   

Comentários

Arquivo

Categorias

Séries

Tags

Agenda de Episódios

Recentes

Twitter

Facebook

item