inspiration2

Grey’s Anatomy, a arte de amar-odiar Shonda Rhimes, por Mariana Garcia

Quando a Arlane me convidou para escrever sobre a minha série favorita - obrigada pela convite! =D - instantaneamente a minha dúv...


Quando a Arlane me convidou para escrever sobre a minha série favorita - obrigada pela convite! =D - instantaneamente a minha dúvida começou. Sabe como é, né? Vida de seriador/blogueira... séries na watchlist para comentar é o que não falta.

Pensei em escrever sobre Reign -- eu sei que é da CW, mas estou amando -- a série que espero com mais ansiedade nos dias de hoje. Mas acabei mudando de ideia devida a pouca quantidade de episódio exibidos. Então pensei em escrever sobre uma das minhas séries favoritas e a lista não parou mais: Parenthood, Psych, How I met your Mother, Rookie Blue, The Tudors e por ai vai... Até que decidi escrever sobre Grey's Anatomy. A história com a série não é de hoje, o amor e o ódio também não, então achei que o post fosse ficar mais interessante para vocês, pelo menos assim eu espero.

A Série


Grey's Anatomy é a um drama médico exibido nos EUA pela ABC e aqui no Brasil pelo canal Sony. Ela acompanha a vida dos internos Meredith Grey (Ellen Pompeo), Cristina Yang (Sandra Oh), Alex Karev (Justin Chambers), Izzie Stevens (Katherine Heigl) e George O'Malley (T.R. Knight) no seu dia-a-dia no Seattle Grace Hospital.

Além dos casos da semana envolvendo diversos tipos de pacientes e doenças, a série ainda faz diversas reflexões sobre a vida enquanto seus personagens enfrentam seus próprios problemas.

#DicaDaMari: Não se apague a nenhum personagem.



Os Casais

Eu poderia até tentar fazer algum comentário cult falando sobre as lições de vida da série e blá blá blá, mas a verdade é que o clima de romance na série é a melhor parte dela. Shippar, sofrer, chorar, surtar, sofrer, surtar de novo, shippar um casal, mudar de ideia, shippar outro... é assim a vida no SGH.
Meredith Grey e Derek Sheperd - Impossível não torcer e amar os dois. Por causa deles e o romance descomplicado do inicio da primeira temporada eu cai de amores pela série. Sofri com algumas surpresas, com as infinitas idas e vindas, até ver nessa décima temporada o quanto o casal e os personagens amadureceram. A paixão não é a mesma vista na segunda temporada, mas sem dúvida o amor entre eles está mais forte do que nunca.

Izzie Stevens e Alex Karev - E se a Shonda não tivesse estragado tudo, eles com certeza seriam o meu casal predileto. Karev cresceu de uma forma que eu jamais poderia imaginar por causa da Izzie. Ela despertava o melhor dele e ele fazia com que ela se tornasse cada vez mais divertida e carismática. Eles sofreram muito, superaram diversos obstáculos e tiveram uma das cenas mais lindas -- em minha opinião -- de toda a série, com um casamento perfeito. Até tudo desmoronar.


P.S.: Odiei Denny Duquette - #hatersgonnahate

P.S.2: Achei que Alex nunca mais seria feliz. Felizmente Jo chegou para provar o contrário. Jolex tem ganhado meu coração cada dia mais e a nova Izzie tem se saída muito melhor que a encomenda.

Lexie Grey e Mark Sloan - Quando o errado é muito certo! Depois do "teach me" da Lexie, foi inevitável a minha torcida pelo casal, que me fez suspirar diversas vezes. A química dos dois era maravilhosa e o amor deles apesar de todos os obstáculos era verdadeiro. Shonda fez promessas e mais promessas aos fãs do casal, mas não teve jeito. O casal teve o seu fim e infelizmente não foi o que a maioria dos fãs esperava. Apesar de tudo, não restou dúvida alguma que eles "were meant to be".


Os três casais acima fizeram meu coraçãozinho bater mais forte, mas não são os únicos com uma legião de fãs. A torcida por Crowen, Calzona, Japril, Jolex e companhia também não tem fim.

Os Casos Médicos e as Participações Especiais

Os casos médicos variam dos mais bizarros aos mais emocionantes. Entre os mais bizarros, cito o caso onde o paciente tinha um tumor de 32 kg (1X06 - If Tomorrow Never Comes), e o caso onde o homem parecia uma árvore (7X03 - Superfreak), ambos bizarros e nojentos. Entre os mais emocionantes, cito o casal preso por um cano ainda nas primeiras temporadas (2X06 - Into You Like a Train), o caso das irmãs que sofrem um acidente de carro e uma delas acaba morrendo após a outra desejar a sua morte (5X10 - All by Myself), (chorei tanto nesse episódio), e um dos que mais me marcou, onde um garoto com câncer nos ossos não queria ter suas pernas amputadas, pois era dançarino de ballet (7X04 - Can't Fight Biology).



A série também conta com diversas participações especiais. Entre elas cito a de Sarah Chalke, que participou de um episódio incrível falando sobre uma doença rara chamada “kawasaki”; Demi Lovato com seu caso de "esquizofrenia" e tentativa de suicídio. Além de premiadas participações, como a de Loretta Devine, intérprete de Adele, a esposa do chief.

As Season Finales

Costumo dizer que Shonda não sabe como começar as suas temporadas. Geralmente, elas são arrastadas, cansativas, e demoramos a entender onde ela quer chegar com tudo aquilo. Mas, quando chegamos ao seu final e vemos o que ela pretendia, é praticamente impossível não tirar o chapéu para ela. As Season Finales de Grey's Anatomy, sem dúvida, estão na minha lista das melhores que vi. Algumas por com cenas românticas, outras com muita tensão e outras com mortes de partir o nosso coração.

Eu ia listar os acontecimentos de cada temporada, mas acabei mudando de ideia, vou citar apenas as minhas prediletas, assim eu evito um pouco de spoilers para quem não viu a série (não que o resto do post não esteja infestado de spoiler, rs).


2ª Temporada - Meredith e Derek se pegam de jeito durante a festa de formatura do chief e fazem com que todos os fãs do casal (inclusive eu), surtem até o dia de hoje com uma das melhores cenas dos dois. Denny Duquette também tem uma emocionante morte fazendo todo mundo, (com exceção da Mari), chorar. Como sou #teamkarev, apenas fiquei feliz de ver Alex ao lado de Izzie em um momento tão importante como este.

4ª Temporada - Depois de uma sofrida temporada com Meredith e Derek separados, temos uma final cheia de "vitórias", com o casal tendo sucesso pela primeira vez no estudo que estavam trabalhando juntos e a famosa McHouse feita com velas. Episódio lindo, para shipper nenhum botar defeito.

5ª Temporada - Umas das Season Finales de Grey's que mais surtei. George e Izzie ficam entre a vida e a morte, e o final do episódio com os dois podendo morrer ou sobreviver me fez surtar por meses. Até hoje fico arrepiada com a cena da Meredith descobrindo que o John Doe é o George, depois dele escrever 007 em sua mão.

Season Finale 6X24

6ª Temporada - O tiroteio! Acredito que essa tenha sido a melhor Season Finale da série. Shonda matou geral, fez com que nos importássemos com personagens que não dávamos a minima, além de nos fazer sofrer vendo personagens que amávamos correndo o risco de perder suas vidas. Karev arrasou, Meredith arrasou, e Cristina Yang, que nem diriam os gamers, "zerou a série" ao operar Derek com uma arma sendo apontada para sua cabeça! Simplesmente amazing!

8ª e 9ª Temporada - Depois do tiroteio, nenhuma finale conseguiu chegar ao mesmo nível. A oitava e a nona temporada tiveram catástrofes -- a queda do avião e a tempestade -- mas, de fato, nenhuma das duas me fez surtar tanto quanto a 6ª temporada da série. Na expectativa do que Shonda vai fazer no final dessa décima temporada, principalmente por Sandra Oh já ter anunciado sua saída.

Os Apelidos

Algumas vezes imagens valem mais que palavras. Sendo assim...

tumblr_maz8uhbnOI1qkux89o1_250 tumblr_maz8uhbnOI1qkux89o3_250 tumblr_maz8uhbnOI1qkux89o4_250 tumblr_maz8uhbnOI1qkux89o7_250

As Narrações

Imagino que vocês já não aguentem mais me ouvir falar sobre a série, mas você sabem como é, né? Basta você gostar da série para não parar mais de falar dela, enquanto mostra para todos seus amigos o quanto ela é boa e vale à pena ser vista.

E se os romances, os apelidos, os casos médicos ainda não te conveceram a ver a série, te digo que ela ainda tem narrativas excepcionais, que no minimo vão te fazer pensar. Selecionei para vocês algumas delas:

“Uma hora você tem que tomar uma decisão. As fronteiras não mantêm as pessoas para fora; elas te prendem dentro de si. A vida é confusa mesmo, é assim que fomos feitos. Então você pode desperdiçar sua vida desenhando linhas ou então você pode viver cruzando-as. Mas há algumas que são perigosas demais para serem cruzadas. E aí vai o que eu sei: se você estiver disposto a jogar a preucação pela janela e se arriscar, a vista do outro lado é espetacular.” 
1.02 – The First Cut is the Deepest

"Talvez a gente não devesse ser feliz. Talvez gratidão não tenha nada a ver com alegria. 
Talvez ser grato signifique reconhecer o que você tem pelo que é. Apreciar pequenas vitórias. Admirar a luta que é para simplesmente ser humano. 
Talvez a gente seja agradecido pelas coisas mais familiares que conhecemos. 
E talvez sejamos agradecidos pelas coisas que nunca conheceremos. 
No final das contas, o fato de termos coragem pra continuarmos firmes de pé é razão suficiente para celebrar.” 
2.09 – Thanks for the Memories

“Podemos costurar a pele, reparar os danos, diminuir a dor. Mas quando a vida sucumbe, quando nós sucumbimos, não há ciência nem regras fortes e rápidas. Apenas temos que superar” 
5.03 – Here Comes the Flood

"Para fazer os nossos trabalhos nós temos que acreditar que ser derrotados não é uma opção, que não importa quão doentes nossos pacientes estão. Há esperança para eles. Mas mesmo quando nossas esperanças não viram realidade e nós finalmente temos que nos render a verdade, só significa que perdemos a batalha de hoje, não a guerra de amanhã. Eis a questão sobre se entregar: Quando você se entrega, realmente se rende, você se esquece porque resistiu em algum momento.” 
5.20 – Sweet Surrender

“Não dá para saber qual dia será o mais importante da sua vida. Os dias que você pensa serem importantes nunca atingem a proporção imaginada. São os dias normais, os que começam normalmente que acabam se tornando os mais importantes.” 
5.22 – What a Difference a Day Makes

A Trilha Sonora

E para finalizar, preciso comentar sobre a trilha sonora da série. Como vocês bem sabem, a música certa pode tornar uma cena simples em uma cena muito especial, e nesse ponto Grey's Anatomy arrasa, começando com os títulos dos episódios, que sempre levam o nome de alguma música.


E a sincronia perfeita continua com músicas marcantes e emocionantes sempre se fazendo presente na série. Não é a toa que Shonda criou um episódio musical apenas para relembrá-las. Episódio este que amei, mas muitos odiaram. Não tem como listar todas as músicas aqui, mas no meu caso acho impossível escutar Chasing Cars e How to Save a Life e não lembrar da série. The Story tem a marca da Callie Torres (Sara Ramirez). E essas são apenas algumas das músicas da excelente trilha sonora de Grey's.

Conclusão

A série não está no seu melhor momento. A grande quantidade de trocas no elenco não ajuda muito, mas, ainda que em diversos momentos Shonda nos faça odiá-la, a série continua valendo muito à pena. Então, dê uma chance para ela e depois vem me contar se valeu ou não. Se já assiste a série, aproveite para deixar nos comentários se concorda ou não comigo. Além dos seus momentos prediletos do seriado.



Guest Post Este texto foi escrito por um brilhante e ilustre autor convidado, e faz parte de uma série de posts sobre as séries favoritas e os danos que elas causam no coração da gente.

Guest
A Autora
Mariana Garcia - A Mari  tem 26 anos e é formada em Engenharia da Computação. Romântica assumida, define séries boas, séries com shippers. Junto com a irmã Nathalia Garcia faz o O Blog da Mari, onde falam sobre séries, livros e filmes. No Twitter ela pode ser encontrada no @oblogdamari e também no @engmarigarcia, seu perfil pessoal.
Reações: 

Relacionados

Guest Post 229197857493528638

Postar um comentário Comentários via BLOGGER (4) Comentários via DISQUS

  1. Mari, que texto lindo sobre Grey's :shy:

    Eu, que deixei a série na 7ª temporada, fiquei toda saudosista com os bons tempos e as terríveis Seasons Finales. A verdade é que dona Shonda capricha na filosofia das narrações, na trilha sonora e nos shippers. Não tem outra série com tanto shipper!

    Falando em shipper, essa parte do Sloan e da Lexie foi de partir o coração. Sempre torci para os dois, mesmo quando parecia tão errado e mesmo quando Derek ficava ameaçando o Mark rs. Até hoje não vi a morte dela e dele, e nem vou ver. É demais pra mim... Não aguento mesmo.

    Aliás, esse foi um dos motivos que me fez deixar Grey's. Não segui o seu conselho de não me apegar... A primeira vez que quase enfartei foi na morte George. Jesus Cristo! Meu coração não é páreo pra Shonda Rhymes.

    Adorei saber, e até fiquei assustada por você gostar de The Tudors. Gente, também amo essa série e ela é outra que não tive coragem de ver certas partes hehe. Cansei de ver cabeça de mulher rolando, não dou conta de tanta tristeza não. :sad:

    Mari, meu sincero MUITO OBRIGADA.
    Há muito te admiro e já até te proclamei a seriadora mais fofa do Brasil :noprob:
    Seu blog é lindo e fofo, seus posts são lindos e fofos. :heart:
    Este aqui foi mais um exemplo deles, e eu sou muito grata por você ter aceitado postá-lo aqui.

    P.S.: Para mim, Meredith e Derek sempre serão o casal mais lindo do mundo das séries. Não importa quantas séries a mais eu veja nessa vida.
    P.S.2: Esse link de MerDer no seu Tumblr é pecaminoso... :shy:
    P.S.3: E esse GIF do Sloan de toalha, hein? Pegou pesado, pegou pesado... :noprob:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A morte de Lexie e Sloan foi muito triste, mesmo com a atriz deixando a série eu preferia ter visto outro desfecho para os dois. Só espero que o mesmo não aconteça com a Cristina, já que Sandra Oh também já anunciou sua saída.

      Amo The Tudors, tenho o box das quatro temporadas, amo Henry Cavill e mesmo nas últimas temporadas quando o pessoa já não estava curtindo tanto, eu ainda está in love com a série, rs.

      Eu é que agradeço o convite e o carinho! Muito obrigada!!! =)

      Saudades da época dos gifs, rs, Mark de toalha e pegação MerDer fazem falta na série, rs.

      Beijokas! =)

      Excluir
  2. Parabéns Mariana Garcia pelo texto, muito bom!
    Não é à tôa que sou sua fã ^_^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, fico feliz que você tenha gostado! =)

      Excluir

Para inserir no comentário:

# Um vídeo: [video]link-do-video-do-youtube[/video]
# Uma imagem: [img]link-da-imagem[/img]
# Um emoticon: clique na carinha acima da caixa de comentários, copie o nome do emoticon e cole.

Comentários educados são sempre benvindos.

emo-but-icon

EeF na Rede


   

Comentários

Arquivo

Categorias

Séries

Tags

Agenda de Episódios

Recentes

Twitter

Facebook

item