inspiration2

TVD, a série em que todo mundo se fode... e você também, por Jenniffer Fógos

Muitas pessoas acham que The Vampire Diaries é a minha série favorita. E essas pessoas têm razão. Muitas pessoas acham que eu odeio Th...


Muitas pessoas acham que The Vampire Diaries é a minha série favorita.
E essas pessoas têm razão.
Muitas pessoas acham que eu odeio The Vampire Diaries.
E essas pessoas também têm razão.
Eu sou bipolar?
Não.
Eu acho.

Eu sou apenas uma pobre seriadora perdida num mundo fictício que eu não posso ter pra mim, e que não consigo abandonar de jeito nenhum. Mas, adiante…

TVD até a 3ª temporada é um susto. Quando você vê já não é o mesmo plot, o andamento da série já não tem nada a ver com o dos episódios anteriores, personagens pelos quais você não dá um tostão furado ganham espaço e desenvolvem storylines impressionantes.

Vira e mexe aquele personagem responsável por momentos fofos e por pontos cruciais de emoção ao longo da temporada MORRE, e você tem que lidar com isso. Mesmo que para tal você precise separar seu cérebro do seu corpo e colocar seu coração numa caixinha pelos próximos episódios, onde você sentirá falta dele em cada música melancólica da trilha sonora, em cada momento onde todo mundo está se divertindo e essa pessoa faltando, em cada sorriso avulso que poderia ser direcionado à ele e não está sendo porque ele se foi. E você vai se criando, se acostumando, se armando contra esses vis roteiristas, e quando você acha que isso não te afeta mais, e você pode viver sem essa pessoa que se foi, ELES MATAM OUTRO pelo qual você nutre o mesmo tipo de sentimentos.  E você se fode de novo em loop, PORQUE ISSO É TVD.

Não satisfeitos com esse ciclo depressivo vicioso, impresso nos episódios ao longo das temporadas, eles ainda trazem seus personagens queridos de volta dos mortos todas as vezes em que você acha que já está quase conseguindo superar a falta dele e se preparando para a morte do próximo. E BANG! Lá vem um flashback do quinto dos infernos, ou uma abertura na ficção que permite que fantasmas voltem do inferno. E você morre de novo.

Como vocês podem ver, The Vampire Diaries te mata, te consome, te desespera, te exaspera com muita facilidade. E isso apenas com personagens secundários, “descartáveis”… Agora, imaginem como fica o ser humano que sofre desse jeito por esses personagens menores, but de suma importância, vendo a storyline principal, em que seu personagem preferido sofre feito um condenado, nunca consegue o que quer, e acaba sempre como você, “sozinho no silêncio da noite”.

Algumas pessoas devem estar dizendo nesse momento: Oi? Essa garota vê a mesma série que eu? TVD não tem esse clima mórbido e sadista. TVD é uma serie super alegre, super teen, com imensos momentos de diversão. Mystic Falls vive em festa. Escreveu não leu, eles estão comemorando alguma data importante, ou alguma data não tão importante assim. Ou fazendo festas tipo as da faculdade sem estar realmente na faculdade. Ou tendo baile do colégio. Eles vivem em festa. E essas pessoas também tem razão. The Vampire Diaries é uma série extremamente bonita, com gente bonita se divertindo. TAMBÉM.

Ah, Jennifer, você não está falando do mais importante. TVD foca nas relações familiares, nas relações fraternas, a gente sempre se sente próximo deles porque mostram algo que aconteceu em nossas casas, ou nas nossas vidas, ou com alguém muito próximo.

Sim, eu sei. TVD também é uma série extremamente atual, que nos faz sentir no século certo,  no enquadramento correto e com os sentimentos sob medida.

Mas e a quarta temporada? ME RECUSO. A quarta temporada é um buraco negro na história da série e só os muito fortes de espírito conseguiram apreciá-la. Eu não sou forte de espírito, mas eu  faço resenhas, então fui obrigada a vê-la semana após semana. Agonizando sozinha.

E a 5ª? A quinta traz de volta, aos poucos, tudo que TVD tem de melhor, misturado com muita loucura e doppelgangers.


Como vocês podem ver pelas minhas péssimas descrições, Vampire Diaries é uma série que tem tudo. Tudo que você imaginar você encontra nessa porra, e é por isso que você nunca consegue abandoná-la. Mesmo quando a 4ª temporada é 70% vomitável, e você fica em casa pedindo de presente de natal que essa temporada acabe e que outra comece. Você nunca pede para a série acabar porque você sabe que não consegue viver sem ela.

Algo que eu odeio em TVD e nunca supero, apesar de adorar o trabalho que tem sido feito com todos que passaram por esse  plot, é que eles humanizam os vilões e fazem deles caras/moças legais de uma temporada para outra. Isso faz com que você sempre espere uma pessoa que represente a epítome da maldade no início da temporada, e depois você começa a ver pelo o que a pessoa passou, o porquê dela ser assim, o caminho que ela percorreu para chegar até sua tela, como ela se sente... e em certo momento você esquece que esse cara/moça é o vilão e quer chamá-lo para sua casa para fazer uma festa de pijama com massagens de pedras quentes e muita pipoca doce, porque essa pessoa merece um descanso e carinho.

Resumindo: The Vampire Diaries é uma série que te deixa bipolar eternamente. Que te faz chorar, rir, gargalhar, ficar tensa, preocupada, criar teorias da conspiração, aprender matemática, ou história de uma cidade que não existe. É uma série que te faz se envolver tão profundamente com a vida dos personagens que você se exaspera quando eles não conseguem o que querem, você realmente adota a tristeza de cada um para si mesmo quando as coisas não dão certo. E os shippers, meus queridos, os shippers de TVD são loucura no caldeirão. Não existe guerra interminável… a não ser essa. Mas isso deve-se muito ao fato de: SÓ DÁ GENTE GOSTOSA NESSA PORRA!

E assim termino o meu textinho sobre essa série, que racha minha cara de vergonha alheia sempre que eu tô surtando por ela e todas as pessoas a minha volta perguntam: isso não é Crepúsculo?

NÃO, FILHO DA PUTA!


Guest Post Este texto foi escrito por um brilhante e ilustre autor convidado, e faz parte de uma série de posts sobre as séries favoritas e os danos que elas causam no coração da gente.

Guest
A Autora
Jenniffer Fógos  é do Rio de Janeiro. Ama e sofre piamente com TVD, mas não larga o osso. Colabora com 3 blogs: Halo Desfocado, Vampire Diaries World, Séries do Grilo. Geek assumida, também sofre de NSBE (Níveis de Seriemania Bárbaramente Extenuantes). No Twitter pode ser encontrada no perfil @onceupona_bite.
Reações: 

Relacionados

The Vampire Diaries 7334557166733738860

Postar um comentário Comentários via BLOGGER (6) Comentários via DISQUS

  1. diários de um vampiro,nunca foi e nunca será,minha série favorita!! vc tem toda razão,em várias coisas que citou no texto,umas delas foi: que até a terceira temporada a série tinha episódios ótimos,mais... a partir da 4 meu pai realmente mudou demais,a única coisa que eu gostei foi o damon e a elena porque sempre torci pelos os dois,mais foi nessa 4 temporada que eu parei,desisti talvez porque os episódios estavam chatos demais,ou talvez porque eu perdi o gosto pela a série!,diários nunca foi uma série ruim! eu gostava muito dela só que antes,agora que eu parei não sinto mais aquele gostinho,não tenho mais vontade de assistir! acho que só assistia pelo o damon,ele é o único que me faz sentir saudades,admiro os fãs da série,pra mim foi uma série boa só que antes,agora acho que se perdeu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Damon faz milagres nos corações mais duros ahahah :))

      Excluir
  2. Nem acredito que consegui uma das melhores reviewers de TVD pra postar aqui :smile:
    Estou muito, muito feliz pela sua participação, Jennifer.

    Aliás, esse texto, como todos os outros seus, não deixou de me surpreender. Adoro o jeito "íntimo" com que você fala de TVD. Não tem como duvidar que você é fã mesmo :shy:

    A parte em que você fala sobre os vilões sempre virarem mocinhos em TVD é a pura verdade! Ninguém escapa da humanização nessa série, e foi assim que eles foderam o Klaus, que no começo era um grande vilão e virou um "meio vilão" depois. Fazer o quê, né? O dinheiro fala mais alto...

    O final, como não podia deixar de ser, fechou tudo com chave de ouro. Eu já discuti com umas 2 ou 3 pessoas explicando que TVD nada tem a ver com Crepúsculo. Eu fui educada, mas o nível da resposta que eu queria dar é essa que você deixou aí mesmo. :noprob:

    Jennifer, caso queira fazer outro Guest Post, já se sinta convidada. Será sempre benvinda aqui.
    Muito obrigada por ter aceitado o convite, e feliz Natal para ti, dona moça :heart:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imediatamente após postar é que fui observar que escrevi "Jennifer" com um "f"... duas vezes!
      My bad! :shy:

      Excluir
  3. Você já me ganhou na primeira linha do seu comentário. Meu ego agradece!! :))
    Se eu tiver uma ideia legal te aviso! E se vc tiver alguma proposta avulsa, estamos aí!!
    Feliz Natal pra vc também! :))

    ResponderExcluir
  4. Eu já senti todas essas angustias, porém não consigo ver mais com os olhos de antigamente. Depois da 4 temporada, mesmo com a 5° sendo razoável não consigo mais assistir r ficar ansiosa pelo próximo.
    A verdade é que a mitologia que era o mais incrível da serie foi engolida pelo romance (fanservise) , não tenho nada contra Delena ou Stelena (porque pouco me importa com quem Elesma quer Dar) O problema e que isso virou o único foco de TVD até mesmo a Kath que era o melhor personagem hoje esta bancando remake de " A Hospedeira" Esta patética , no corpo da Elesma tentando reconquistar Stefan, o mais revoltante ainda e vê-lo cai novamente na teia infernal e sem fim do triangulo amoroso. Eu fico aqui me perguntando como uma mulher me escreve uma serie tão maravilhosa quanto TO e mesma fazer essa diarreia em Tvd.??? Eu assisto Tvd e sempre no final fico What the fuck?

    ResponderExcluir

Para inserir no comentário:

# Um vídeo: [video]link-do-video-do-youtube[/video]
# Uma imagem: [img]link-da-imagem[/img]
# Um emoticon: clique na carinha acima da caixa de comentários, copie o nome do emoticon e cole.

Comentários educados são sempre benvindos.

emo-but-icon

EeF na Rede


   

Comentários

Arquivo

Categorias

Séries

Tags

Agenda de Episódios

Recentes

Twitter

Facebook

item